Voltar ao topo

14 de julho de 2024

Fortaleza tem reconhecimento internacional por excelência no uso de dados em políticas públicas

Certificação foi cedida no programa What Works Cities, da Bloomberg Philanthropies; Capital é a primeira cidade brasileira a receber a honraria
Foto: Divulgação/ Prefeitura de Fortaleza

Compartilhar:

A cidade de Fortaleza recebeu, nesta terça-feira, 21, o selo ouro no programa What Works Cities, concedido pela Bloomberg Philanthropies. A Capital está entre as cinco primeiras cidades da América Latina a receber a certificação e é a primeira cidade brasileira condecorada com o selo ouro, que marca o avanço de políticas públicas baseadas em dados para melhorar serviços, distribuição de recursos e eficiência governamental.

O recebimento da certificação se deu por conta da abordagem baseada no uso de dados para a redução do número de mortes no trânsito, redução dos índices de evasão escolar, digitalização do processo de licenciamento de obras, estabelecimento de uma política de monitoramento da qualidade do ar e para o lançamento do Nina, aplicativo para rastrear o assédio sexual no transporte público.

A honraria também exige, desde o ano passado, que as cidades comprovem atender a um padrão internacionalmente reconhecido em pelo menos um dos três resultados: poluição do ar, porcentagem de famílias com acesso à banda larga ou um resultado de alta prioridade escolhido pela cidade e que se alinhe aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.

O prefeito de Fortaleza, José Sarto, celebrou a certificação ouro concedida a Fortaleza e atribui o reconhecimento a um esforço conjunto das equipes para qualificar a prestação de serviços públicos. “Com muito orgulho, somos a primeira cidade do País a receber a certificação ouro. Com isso, a Bloomberg Philanthropies reconhece o nosso compromisso com políticas públicas baseadas em dados para melhorar serviços, investir recursos e alcançar eficiência governamental. Nossas equipes estão empenhadas e engajadas nesse propósito, que nos permite alcançar melhores resultados e mais qualidade de vida para os nossos moradores”, afirmou

Além de Fortaleza, Buenos Aires, na Argentina, também recebeu o selo ouro da certificação e outras cinco cidades também foram reconhecidas pelo programa na modalidade prata: Mogi das Cruzes (Brasil), Córdoba (Argentina), Montevidéu (Uruguai), Carlsbad e Charleston (Estados Unidos).

POLÍTICAS PÚBLICAS DE FORTALEZA

Entre as políticas públicas que contribuíram para Fortaleza receber o certificado e ouro, estão o monitoramento e direcionamento do tráfego urbano para redução no número de mortes no trânsito. Pelo oitavo ano consecutivo, a Capital registrou redução no número de mortes no trânsito. Em 2022, a cidade contabilizou 157 óbitos, com taxa de mortalidade de 6,0 para cada 100 mil habitantes. O número é 58,3% menor em relação ao ano de 2014, quando 377 pessoas perderam a vida.

Além dessa política, Fortaleza também lançou uma política municipal de qualidade do ar. Foram instalados 25 monitores para avaliar, de maneira constante, a quantidade de partículas poluentes na atmosfera urbana.

 

[ Mais notícias ]