Voltar ao topo

16 de julho de 2024

Trecho da avenida Santos Dumont recebe nova iluminação pública

Compartilhar:

Em 2,5 km de extensão, foram instalados cerca de 200 luminárias novas, 89 suportes e 27 postes de iluminação, entre janeiro e este mês

Redação OPINIÃO CE
redacao@opiniaoce.com.br

Local recebeu iluminação branca, explica SCSP (Foto: Divulgação)

A Secretaria da Conservação e Serviços Públicos (SCSP)realizou mudanças na iluminação da avenida Santos Dumont, substituindo cerca de 300 equipamentos ao longo de 2,5 quilômetros da via. No trecho, foram instaladas cerca de 200 luminárias novas, 89 suportes e 27 postes de iluminação, de janeiro a este mês.

Fortaleza, segundo a pasta, passa por modernização do Parque de Iluminação Pública, atualmente, com quase 96% dele composto por luz branca: HID ou LED, dando maior segurança e comodidade aos fortalezenses em espaços públicos.

No início deste ano, 297 pontos foram modernizados, com a troca de luz amarela pela branca, e 122 pontos novos foram instalados. “A Prefeitura de Fortaleza e a SCSP vem trabalhando com muito afinco no que diz respeito à iluminação da Cidade, buscando deixar Fortaleza cada vez mais iluminada e moderna, proporcionando não só segurança, mas bem-estar aos cidadãos e aos turistas que visitam nossa capital”, afirma o secretário da SCSP, Ferruccio Feitosa.

Como parte do trabalho de modernização na Santos Dumont, a gestão substituiu lâmpadas de tecnologia High Intensity Discharge (HID) pela LED, com alta eficiência luminosa, capaz de suportar as mais severas condições meteorológicas, e de fácil manutenção.

Para promover o reaproveitamento, as lâmpadas retiradas em boas condições de uso serão realocadas em outros pontos da Capital com maior necessidade, como aqueles onde ainda há iluminação amarela, uma vez que a lâmpada HID é de luz branca e, portanto, de melhor qualidade.

“É uma obra de grande importância para a capital de Fortaleza, trazendo modernidade, eficiência energética e sustentabilidade. A tecnologia LED gera uma economia que pode chegar a 70% na conta de energia do Município com iluminação pública. E com essa eficiência energética, o LED deixa de lançar uma significativa quantidade de CO2, gás causador do efeito estufa, na atmosfera”, explica o coordenador de Iluminação Pública da SCSP, Cândido Neto.

De acordo com o gestor, o LED também permitiu revolucionar o controle da iluminação pública, facilitando a introdução da interatividade no monitoramento remoto dos parques de iluminação, melhorando a eficiência e a qualidade dos serviços prestados aos cidadãos fortalezenses.

Entre as principais obras recentes de iluminação da Cidade estão requalificação da Beira-Mar, incluindo projeto especial do Polo de Artesanato da Beira-Mar (feirinha), Cidade das Crianças, Complexo Cultural Estação das Artes Belchior e seu entorno, e Praça Coração de Jesus, no Centro.

[ Mais notícias ]