Voltar ao topo

24 de julho de 2024

TJDF-CE retira de pauta julgamento do Icasa sobre Campeonato Cearense

Compartilhar:

Verdão do Cariri não sofrerá o rebaixamento e decisão pode afetar todo o andamento do campeonato estadual

David Mota
ESPECIAL PARA OPINIÃO CE
david.mota@opiniaoce.com.br

Julgamento estava marcado para a última quinta-feira, 3 (Foto: Pedro Chaves/FCF)

O Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol do Ceará (TJDF-CE) retirou de pauta o julgamento que poderia rebaixar o Icasa no Campeonato Cearense por escalação irregular do jogador Leandro Mendes. O julgamento estava marcado para a última quinta-feira, 3, e o pedido de retirada de pauta foi feito pelo Verdão do Cariri e aceito pela 2ª Comissão Disciplinar do TJDF-CE.

O argumento do Icasa foi de que um dos três cartões amarelos aplicados ao jogador Leandro Mendes, que levaria a suspensão do atleta, aconteceu em uma partida contra o Crato, equipe que foi suspensa do Campeonato Cearense, devido a manipulação de resultados. Com isso, o duelo entre as equipes também seria suspenso, sendo assim, não existiria o cartão para o jogador.

Sobre o caso do Crato, há um inquérito em andamento, no Ministério Público e no próprio TJDF-CE, apurando as informações sobre a manipulação de resultados. Caso seja confirmado, o Campeonato Cearense 2022 poderá sofrer uma reviravolta. Segundo a Justiça Desportiva, as partidas que são anuladas, terão que ser realizadas novamente (o caso mais famoso é o do Campeonato Brasileiro de 2005).

Sem as partidas do Crato, a classificação da Primeira Fase seria alterada. O Maracanã, que empatou os seus dois confrontos com a equipe do Cariri, terminou a Primeira Fase em 5º, e com os novos resultados subiria para 3º. Assim, o Pacajus iria para a 4ª colocação, e o Iguatu, atual semifinalista do campeonato, ficaria em 5º, e não se classificaria para a fase de Quartas de Final. Até o momento, a Federação Cearense de Futebol (FCF) não alterou os jogos do Campeonato Cearense. Assim, seguem marcadas as datas para a disputa das Semifinais entre Fortaleza x Ferroviário e Caucaia x Iguatu.

ENTENDA OS CASOS
Na última partida da Primeira Fase do Campeonato Cearense, o Icasa enfrentou o Iguatu e a partida terminou empatada em 1 a 1. O atleta Leandro Mendes, disputou a partida pelo Icasa.

No dia seguinte ao jogo, o Atlético/CE, rebaixado após o fim da Primeira Fase do Estadual, entrou com uma notícia de infração no TJDF-CE, alegando que o Icasa escalou irregularmente o jogador, que devia estar suspenso, pois teria a soma de três cartões amarelos, aplicados nos confrontos com Crato, Ferroviário e Maracanã.

Caso a punição acontecesse, o Icasa perderia 4 pontos no Campeonato Cearense (3 pontos por usar um atleta irregular em uma partida, e 1 ponto que foi o conquistado na partida contra o Iguatu). Assim, ficaria com 12 pontos, um a menos que o Atlético/CE, e passaria a ser o 7º colocado, sendo assim rebaixado.

Já o Crato, foi denunciado após a derrota por 9 a 2 para o Atlético/CE, na penúltima rodada da Primeira Fase do Campeonato Cearense. A FCF entrou com um pedido de suspensão que foi acatado pelo TJDF-CE. Com a decisão, o Crato, que está suspenso de todas as competições organizadas pela Federação, não pôde entrar em campo na última rodada, sendo derrotado por W.O. para o Ferroviário.

[ Mais notícias ]