Voltar ao topo

14 de julho de 2024

Tasso, Cid, Ciro e Camilo dividem palanque durante inauguração no Porto do Pecém

Foto: Divulgação

Compartilhar:

O governador Camilo Santana inaugurou, na manhã desta quinta-feira (10), a segunda expansão do Porto do Pecém, localizado na Região Metropolitana de Fortaleza. O terminal portuário recebeu um novo portão de acesso, uma ponte para os píeres e um berço de atracação com o objetivo de ampliar a capacidade de exportação do porto cearense. O Complexo, iniciado ainda no Governo Tasso, mostra a força do grupo político no Ceará.

Dividiram o mesmo palanque os ex-governadores Tasso Jereissati, Ciro e Cid Gomes, além do atual governador Camilo Santana. O simbolismo na presença dos três foi destacado mais de uma vez e apontado como a “continuidade de uma política de Estado”. “Para mim, hoje é um dia de um simbolismo muito grande. Quero dizer da minha alegria de estar dividindo esse momento com os ex-governadores“, ressaltou o governador Camilo Santana. “São investimentos importantes para consolidar essa estratégia que nasceu lá no governo do Tasso”.

O ex-governador e senador cearense Cid Gomes também destacou a importância da continuidade da política de gestão financeira equilibrada comandada por Camilo Santana nos últimos anos. “Há projetos de Estado, independente do partido”, destacou o senador cearense Cid Gomes (PDT), na mesma linha. A vice-governadora do Ceará, Izolda Cela, que deve assumir o Governo do Ceará após saída de Camilo para disputa de vaga no Senado, destacou que esse “simbolismo” representa o sucesso da gestão ao longo dos últimos governos.

Também estiveram presentes o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado Evandro Leitão (PDT), o senador Chiquinho Feitosa (MDB), que está na vaga deixada por Tasso Jereissati, de licença; e outras figuras políticas do cenário local, como os prefeitos de Caucaia, Vitor Valim, e de São Gonçalo do Amarante, Professor Marcelão, ambos dos Pros.

Investimento

Nas obras, foram investidos cerca de R$ 772,8 milhões, que representam um avanço na capacidade operacional do terminal cearense, que faz parte do Complexo do Pecém (CIPP S/A) – joint venture formada pelo Governo do Ceará e pelo Porto de Roterdã, na Holanda. Em 2021, o Porto do Pecém superou, pela primeira vez na sua história de quase 20 anos, a marca de 22 milhões de toneladas movimentadas. 

Entre janeiro e novembro de 2021, foram movimentadas 20.405.383 toneladas – crescimento de 41% em relação ao mesmo período de 2020, quando foram movimentadas 14.458.128 toneladas. O terminal portuário também está recebendo outros equipamentos, como o primeiro de três novos guindastes com eletroímã (Bardella) para o embarque rápido de placas de aço. Além disso, novos equipamentos para a movimentação de contêineres deverão ser entregues ainda em 2022.

[ Mais notícias ]