Voltar ao topo

14 de julho de 2024

Semana Santa: Fortaleza registra diferença de até 304% no preço de pescados

Entre os mercados públicos (Barra do Ceará, Centro, Messejana e Mucuripe), os peixes frescos com maiores variações de preços são: xaréu, arabaiana e biquara
Foto: Natinho Rodrigues

Compartilhar:

O Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza) divulga, nesta terça-feira, 4, uma pesquisa com preços de 59 produtos típicos para a Semana Santa, como peixes, vinhos e pães de coco. Entre os peixes congelados, pesquisados nos supermercados, o Procon encontrou diferença de preços de até 304%. No caso, o quilograma do filé de tilápia, que foi encontrado de R$ 22,29, no Centro, enquanto que o mesmo peixe chega a R$ 89,99, na Maraponga.

Veja pesquisa de produtos da Semana Santa na íntegra.

Entre os mercados públicos (Barra do Ceará, Centro, Messejana e Mucuripe), os peixes frescos com maiores variações de preços são: xaréu, arabaiana e biquara. Todos com diferença de valores acima de 100%. Nesses locais, a maior variação encontrada foi de 289%. No caso, o quilograma do peixe xaréu, que foi encontrado de R$ 18,00, no Mercado São Sebastião, no Centro, e no Mercado da Barra do Ceará, enquanto que o mesmo peixe chega a R$ 70,00, no Mercado dos Peixes, no Mucuripe.

LEIA TAMBÉM | Preço do ovo de Páscoa pode variar até 94% em Fortaleza

Maiores variações entre peixes congelados vendidos em supermercados:

Produto Menor preço Maior preço Variação
Filé de tilápia (Kg) R$ 22,29 (Centro) R$ 89,99 (Maraponga) 304%
Tilápia inteira (Kg) R$ 17,99 (Jangurussu) R$ 58,49 (Centro) 225%
Filé pesc. amarela (Kg) R$ 31,89 (Maraponga) R$ 93,99 (Mucuripe) 195%

De acordo com o levantamento, o peixe mais barato para a Semana Santa está no Mercado Público da Barra do Ceará. A sardinha fresca custa R$ 12,00, enquanto que o mesmo peixe chega a R$ 25,00 no Mercado dos Peixes, no Mucuripe – uma diferença de 108%. Já o peixe mais caro está na Maraponga (Regional 10) e no Mucuripe (Regional 2), onde o quilo do bacalhau foi encontrado de R$ 169,00 e R$ 149,99, respectivamente. Uma opção para quem quiser saborear o bacalhau da Semana Santa é o peixe da espécie saithe, que custa R$ 38,69, o quilograma, no Centro.

Peixes frescos vendidos em Mercados Públicos:

Produto Menor preço Maior preço Variação
Xaréu (Kg) R$ 18,00 (Barra do Ceará e Centro) R$ 70,00 (Mucuripe) 289%
Arabaiana (Kg) R$ 18,00 (Centro) R$ 45,00 (Mucuripe) 150%
Biquara (Kg) R$ 15,00 (Messejana) R$ 35,00 (Messejana) 133%

A orientação do Procon é pesquisar e avaliar, entre peixes frescos e congelados, qual a opção que atende a necessidade do consumidor. A pesquisa, que foi realizada entre os dias 27 de março e 3 de abril, nas 12 Regionais de Fortaleza, está disponível no portal da Prefeitura de Fortaleza. Foram coletados preços em supermercados de todas as regionais da Capital, bem como nos Mercados Públicos de Messejana; São Sebastião, no Centro; e ainda nos Mercados de Peixes da Barra do Ceará; e do Mucuripe.

VINHOS E PÃO DE COCO

O Procon também avaliou preços de vinhos, espumantes e pão de coco, outros produtos típicos do período. Entre os vinhos, é possível comprar três garrafas, de 750ml, no estabelecimento mais barato, em comparação com o preço de uma garrafa no local mais caro, quando analisados a principal variação de preços neste segmento. É o caso do vinho tinto, de fabricação nacional, que pode sair por R$ 14,49, no Jangurussu (Regional 9), enquanto o mesmo produto custa R$ 59,99, no Mucuripe (Regional 2), conferindo uma diferença de 314%.

Produto Menor preço Maior preço Variação
Vinho Sangue de boi (750ml) R$ 14,49 (Jangurussu) R$ 59,99 (Mucuripe) 314%
Vinho Gaúcho (750 ml) R$ 9,99 (Edson Queiroz) R$ 39,99 (Mucuripe) 300%
Vinho Botticelli (750 ml) R$ 12,69 (Maraponga) R$ 49,99 (Mucuripe) 294%

O pão de coco, por sua vez, pode apresentar preços de até 140% de diferença, sendo encontrado de R$ 12,49, no Monte Castelo (Regional 3), a R$ 29,99, no Jacarecanga (Regional 1).

[ Mais notícias ]