Voltar ao topo

24 de julho de 2024

Secretaria da Educação recebe novo Centro de Documentação e 43 veículos para Credes e Sefor

O espaço tem 2.623,58 metros quadrados e conta com dois pavimentos onde estão a Célula de Documentação Escolar e Normatização da Rede e o Arquivo Geral da Seduc
O novo Centro de Documentação e Arquivo Geral foi inaugurado pelo governador Elmano de Freitas e pela secretária Eliana Estrela. Foto: Elene Santos

Compartilhar:

O governador Elmano de Freitas (PT) inaugurou nesta quarta-feira (10) o novo Centro de Documentação e Arquivo Geral da Secretaria da Educação do Ceará (Seduc) e entregou 43 novos veículos para a pasta. O evento ocorreu na sede da Seduc, no Centro Administrativo Governador Virgílio Távora, no bairro Cambeba.

Elmano de Freitas destacou que o investimento faz parte da valorização dos profissionais e contribui para os bons resultados.

“O que faz a escola ser excelente é uma gestão de excelência. O que faz a escola ser melhor é o acompanhamento permanente. Queremos dar melhores condições de trabalho e conforto para quem se dedica tanto”, enfatizou o Governador.

O novo Centro de Documentação e Arquivo Geral teve investimento de R$ 4,9 milhões. O equipamento está localizado em um novo prédio anexo à sede da Seduc.

“O Centro tem condições muito adequadas para a preservação dessa documentação, para dar a segurança ao cidadão e cidadã cearense de que em algum momento, caso perca o seu histórico ou precise fazer a validação de um certificado, tem a garantia de que seu documento está muito bem preservado, conservado”, salientou Elmano de Freitas.

A titular da Seduc, Eliana Estrela, também ressaltou como as melhorias fortalecem o trabalho junto às mais de 700 escolas estaduais nos 184 municípios cearenses. “A renovação da frota é fundamental para as Credes e Sefor, que têm equipes valorosas, que se doam e percorrem quilômetros. O acompanhamento fortalece nosso regime de colaboração”, afirmou.

RENOVAÇÃO DA FROTA

Os 43 veículos darão suporte às atividades das 20 coordenadorias regionais do Desenvolvimento da Educação (Credes) e das três superintendências das Escolas Estaduais de Fortaleza (Sefor).

De acordo com Francisca Alencar, responsável pela Coordenadoria Administrativa da Seduc, os novos veículos representam mais eficiência aos deslocamentos operacionais. “É um mecanismo para que essas pessoas consigam chegar com mais qualidade e trabalhar com mais segurança nas cidades do Interior e na Capital também”, pontou a coordenadora.

O professor e coordenador da Crede 5, Gerso Mendes, falou sobre como a ação vai assegurar atendimento às unidades de ensino da rede estadual na Serra da Ibiapaba.

“Nós temos 36 escolas e o Centro Cearense de Idiomas. A modernização da frota é importante para o nosso serviço de acompanhamento, apoio pedagógico das escolas, inclusive o apoio logístico. Na serra, um carro mais alto e mais potente oportuniza o acesso mais qualificado”, pontuou Gerso Mendes.

O novo Centro de Documentação e Arquivo Geral tem 2.623,58 metros quadrados e conta com dois pavimentos onde estão a Célula de Documentação Escolar e Normatização da Rede e o Arquivo Geral da instituição.

Segundo a coordenadora de Planejamento da Rede Escolar da Seduc, professora Fernanda Diniz, documentos de mais de 800 escolas (públicas e privadas) estão sob a guarda do setor, que é responsável, dentre outras atividades, por atender cidadãos que vêm requerer seus documentos relacionados às escolas que se encontram extintas e cuja guarda do acervo esteja sob responsabilidade deste setor.

“Guardamos documentos que também contam parte da História da Educação Cearense. Para isso, contamos com 14 colaboradores, divididos nas funções de atendimento ao público, confeccionadores de documentos escolares, pesquisadores, pesquisa e distribuição, relatórios anuais e assessor técnico e orientador de célula”, explicou Fernanda Diniz.

Além disso, o setor também executa a emissão de certidões, históricos e certificados, certidão de tempo de serviço e visto confere. Esse último, compreende a certificação da veracidade das informações apresentadas nos documentos referentes à vida escolar do aluno.

O espaço mais amplo vai melhorar o atendimento e o dia a dia de trabalho de pessoas como destaca a orientadora da Célula de Documentação Escolar e Normatização da Rede, professora Elineide Alves. “Isso nos ajuda a preservar a história das escolas e da vida escolar dos alunos, tornando possível a conservação e o resgate de informações referentes às atividades escolares”, concluiu Elineide.

[ Mais notícias ]