Voltar ao topo

16 de julho de 2024

Sarto anuncia “Bolsa Protetor” para cuidadores de animais abandonados em Fortaleza

O prefeito também propõe a autorização para o transporte de animais domésticos de pequeno porte nos meios de transporte público.
Foto: Reprodução/Facebook

Compartilhar:

O prefeito José Sarto (PDT) enviou nesta terça-feira, 24, à Câmara de Fortaleza, um Projeto de Lei que cria a Política Municipal de Proteção e Bem-Estar Animal. Na medida constam duas principais ações: a instituição da “Bolsa Protetor”, que vai conceder auxílio financeiro mensal direcionado aos protetores de animais abandonados na Capital cearense; e a autorização para o transporte de animais domésticos de pequeno porte nos meios de transporte público, no período entre 10h e 15h.

“Esse foi um compromisso de campanha nosso”, iniciou Sarto. “Esse será mais um marco, que Fortaleza sai à frente de outras Capitais. Temos aqui o ‘Vetmóvel’, temos uma clínica veterinária que, na verdade, é um grande hospital. É pensamento nosso encontrarmos recursos para ampliá-la”.

Segundo o prefeito, o Bolso Protetor será destinado a quem cuida voluntariamente de animais abandonados. “O valor ainda não está definido, mas logo mais faremos uma seleção pública para pessoas e instituições que cuidam dos animais. Só em Fortaleza, temos 434 mil [animais], entre cães e gatos”, frisou, destacando o status de ‘Pet friendly’ (amiga do animal) da Capital e a importância do conceito para atrair mais turistas. “É um selo que, para quem viaja, é muito importante. É um facilitador para quem quer vir a Fortaleza”.

Confira o anúncio

Ainda conforme o anúncio de Sarto, o transporte de animais de pequeno porte em transportes públicos precisarão seguir alguns parâmetros. “Evidentemente, que em determinados horários e devidamente acondicionados para não ofecer nenhum risco nem a eles mesmos [animais] e nem à população”. O texto com o projeto será analisado pelo vereadores e, se aprovado, voltará para a sanção do prefeito José Sarto. Participaram do anúncio o presidente da Câmara Municipal, Antônio Henrique (PDT), e o coordenador da Coordenadoria Especial de Proteção e Bem-Estar Animal de Fortaleza, Marcel Girão.

[ Mais notícias ]