Voltar ao topo

16 de julho de 2024

Relatório diz que Capital foi a que mais investiu em políticas de juventude

Compartilhar:

Relatório municipal que compara números entre prefeituras com pastas voltadas especificamente à juventude coloca Fortaleza como destaque no orçamento

Redação OPINIÃO CE
redacao@opiniaoce.com.br

Relatório comparativo sobre políticas para juventude foi divulgado na semana passada (Foto: Natinho Rodrigues)

Levantamento da Secretaria Municipal da Juventude afirma que, entre as prefeituras do Brasil que têm um órgão específico para juventude, a de Fortaleza é a que possui maior orçamento destinado à área.

Para este ano, na Lei Orçamentária Anual (LOA) municipal, deverão ser investidos R$ 48.632.902,00 em projetos e programas destinados à juventude, por meio do Fundo Municipal de Juventude de Fortaleza.

As ações, afirma a pasta, buscam desenvolver ações projetos para promover proteção social e oferecer oportunidades às juventudes da Capital. Programas como Bolsa Jovem, Juventude na Onda, Liderança Jovem, Cria Juventude, Voa Juventude e Academia Enem estão em meio às iniciativa orquestradas pela gestão. Em 2021, ao todo, 326.229 jovens foram beneficiados com as políticas públicas implementadas na Cidade.

“Conseguimos lançar edições de programas que temos, como o Academia Enem, e também lançamos edições pioneiras, como o Liderança Jovem, nosso programa de intercâmbio social, e a Escola de Moda. Tivemos o JuvFest, um festival formativo voltado para criatividade e inovação, e inauguramos a Pracinha da Cultura no Ancuri, um equipamento novo com foco nas juventudes. Lançamos também edições da Escola Jovens Programadores e Escola Jovens Designers. Fortaleza tem um potencial gigantesco na área de tecnologia, a gente tem que aproveitar isso”, diz o secretário da Juventude, Davi Gomes.

O gestor ressalta a área de empregabilidade como foco nos investimentos para juventude. “A gente percebe que o que o jovem mais procura é oportunidade de trabalho, ativação econômica. Um dos nossos objetivos é investir na área de empregabilidade para as juventudes, com formação profissional, encaminhamentos de currículos e empreendedorismo. Vamos ampliar ainda mais nossas ações de formação para esse público”, complementa.

[ Mais notícias ]