Voltar ao topo

24 de julho de 2024

Quase 800 animais foram resgatados no Ceará em fevereiro

O número representa um aumento de 47% (537) em relação ao mesmo período de 2021.
Foto: Reprodução/Corpo de Bombeiros

Compartilhar:

Um total de 792 animais foram resgatados no Ceará somente no mês de fevereiro último. Os dados foram divulgados pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) nesta sexta-feira (4). O número representa um aumento de 47% (537) em relação ao mesmo período de 2021. Já em relação ao segundo mês de 2020, a diferença é ainda maior (171%, com 292 animais resgatados). Entre as espécies resgatadas estão cobras, macaco prego, porquinho da índia, gato maracajá, entre outros animais silvestres e domésticos.

Os animais silvestres são protegidos pela Lei 9.605 de 1998, de Crimes Ambientais. Também são resgatados animais como cachorro, cágado, cassaco, coruja, cavalo, gamba de orelha branca, gato domesticado, iguana, jabuti, porco espinho, vaca e novilho. O CBMCE contabilizou, entre os mais resgatados, cobras da espécie jiboia, cascavel e jararaca: 472. Gatos foram 177, seguidos por 25 cassacos, 24 cães e iguanas, como também oito tejos e sete corujas. As sete espécies somam 737 animais, representando 93% dos resgates.

2021

Somando os 12 meses de 2021, o Corpo de Bombeiros resgatou 6.252 animais em todo o território cearense. Para acionar os serviços, a população pode telefoner para o número 193. A ligação é gratuita e o serviço funciona 24 horas por dia, inclusive em fins de semana e feriados. Os bombeiros militares orientam, ainda, que os poços, valas e cacimbas devem sejam cercados, sinalizados e tampados para evitar situações de acidentes com animais e crianças.

[ Mais notícias ]