Voltar ao topo

16 de julho de 2024

Prisão preventiva de suspeito de assassinato nas eleições de 2020, em Caucaia, é decretada pela Justiça

Divulgação

Compartilhar:

A denúncia do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) contra Francisco Jonas Rodrigues da Silva, envolvido na morte de um homem, cuja identidade não foi revelada, após este manifestar apoio a um candidato a prefeito de Caucaia nas eleições de 2020, foi recebida pela Justiça. A prisão preventiva do denunciado, que se encontra foragido, também foi decretada.

O promotor de Justiça Jairo Pequeno Neto, na respondência da 16ª Promotoria de Justiça de Caucaia, submeteu a denúncia.

Conforme o inquérito policial, na noite de 18 de novembro de 2020, a vítima estava em um bar, no bairro Itambé, quando foi surpreendida e assassinada mediante seis disparos de arma de fogo, por motivo torpe, através de recurso que impossibilitou a defesa.

Segundo a investigação, o homem trabalhava, era pessoa honesta, não tinha desafetos, nem possuía qualquer antecedente criminal. Apesar disso, em síntese, ele foi assassinado por expor publicamente o apoio a um candidato específico em Caucaia. Nessa época, o denunciado integrava facção criminosa a qual ameaçava de morte os eleitores desse político, cuja uma das pautas era trabalhar contra o crime organizado no município.

Com Ministério Público do Ceará

[ Mais notícias ]