Voltar ao topo

17 de julho de 2024

Prioridade nacional: Elmano tem acesso direto para pedir recursos de segurança, diz Flávio Dino

O ministro também mencionou que o governador terá acesso a uma série de recursos, como novos armamentos e a construção de mais Casas da Mulher Brasileira, além de um investimento de R$ 70 milhões em segurança pública
Foto: Eduarda Pessoa/Opinião CE

Compartilhar:

Nesta quarta-feira, 26, o ministro da Justiça, Flávio Dino, esteve no Palácio da Abolição, ao lado do governador Elmano de Freitas (PT),  para entregar 17 viaturas que serão utilizadas no combate à violência contra a mulher pelo Governo do Estado. Os veículos fazem parte do Programa Nacional de Segurança com Cidadania (Pronasci II) e irão fortalecer as Patrulhas Maria da Penha. Durante a coletiva de imprensa, Flávio afirmou que o Governo do Ceará tem “carta branca” para solicitar recursos para a segurança, uma vez que o Ceará é uma prioridade nacional.

Na ocasião, o ministro informou que as viaturas entregues são uma primeira parcela do crédito que o governador Elmano tem com o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Flávio Dino também mencionou que o governador terá acesso a uma série de recursos, como novos armamentos e a construção de mais Casas da Mulher Brasileira, além de um investimento de R$ 70 milhões em segurança pública no Ceará.

Dino garantiu ainda que confia na equipe do governador e que, tão logo o dinheiro seja gasto, mais recursos poderão ser solicitados junto à União.

“O governador Elmano vai cumprir a sua meta de o Ceará ter 10 Casas da Mulher, além das entregas de viaturas, equipamentos, armamentos. Há recursos disponíveis e outros que serão disponibilizados ao Ceará. Reforço ao governador Elmano que ele pode contar com o Ministério da Justiça nessa integração de combate ao crime. Gaste o dinheiro que você tem para a [segurança] e você pode buscar mais dinheiro porque a segurança do Ceará é uma prioridade nacional“, disse.

Questionado sobre a redução de crimes em seu estado, o Maranhão, Dino revelou que pretende fazer o mesmo em escala nacional, com ajuda de uma tríade: Governo Federal, Estado e Município. De 2015 a 2021, a taxa dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) sofreu redução de 11,6% no Maranhão, aponta o Boletim Criminal Pacto pela Paz, que traz como foco as ações, os resultados e os desafios enfrentados pelo Programa.

“Quero reforçar a importância das prefeituras, além do Governo do Estado, na participação nos editais. Nós temos R$ 250 milhões em editais abertos para a segurança nas escolas e também para as Guardas Municipais. É isso que foi realizado no Maranhão e tem dado certo. Agora, em escala nacional, estamos fazendo por meio do Sistema Único de Segurança Pública (Susp)”.

O chefe do executivo estadual complementou sobre o desafio do crime organizado precisar de reforços não só estaduais. “Nós temos um grande desafio no Ceará e no Brasil que é a segurança pública. Quero agradecer a presença do nosso Ministro da Justiça, Flávio Dino, simbolizando que agora temos diálogo e ações em comum do Governo do Estado e do Governo Federal, seja na área da inteligência, seja na área da infraestrutura ou planejamento”, listou o governador, sinalizando que o Ceará está caminhando para uma redução “muito significativa de homicídios no estado”.

Ainda durante a coletiva, Elmano anunciou que um dos principais objetivos do Estado na área de segurança pública é inaugurar o Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) até setembro deste ano. Além disso, o governador planeja lançar em breve um programa de prevenção social, com investimento de R$ 500 milhões para o trabalho de prevenção, especificamente, para a juventude cearense.

 

 

[ Mais notícias ]