Voltar ao topo

17 de julho de 2024

Primeira dose da vacina deve ser distribuída para todas as crianças do país, prevê Queiroga

Compartilhar:

Durante ato de vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a covid-19 em Maceió (AL), no último sábado (12), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que, até o dia 15 de fevereiro, a pasta deve distribuir vacinas o suficiente para a aplicação da 1ª dose em todas as crianças de 5 a 11 anos no País.

Apesar de ainda defender a não obrigatoriedade da vacinação de crianças dessa faixa etária, Marcelo pede que os pais levem seus filhos para vacinar. Isso porque, ainda segundo Queiroga, após 55 dias da aprovação da primeira vacina para o uso pediátrico contra a doença pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o percentual de aplicação em crianças de 5 a 11 anos que tomaram a primeira dose do imunobiológico ainda não passa de 15%.

Doses de reforço

De acordo com um levantamento realizado pelo Ministério, mais de 54 milhões de brasileiros, já dentro do período correto de tomar a dose de reforço, ainda não receberam essa dose. Atualmente, 45,8 milhões de pessoas estão com a dose de reforço em dia.

No Ceará, até o dia 10 de fevereiro, mais de 16 milhões de doses foram aplicadas, sendo mais de 2,4 milhões doses de reforço aplicadas em todo o estado, segundo dados oficiais disponibilizados no site do da Secretaria de Saúde do Governo do Estado.

Em Fortaleza, segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, foram aplicadas mais de 5 milhões de doses, sendo 2.296.357 com a 1ª dose, 1.993.554 com a segunda e mais de 805 mil pessoas com a dose de reforço. Os dados são deste domingo (13), do site oficial do Vacinômetro municipal, atualizado diariamente.

Com informações da Agência Brasil, Prefeitura de Fortaleza e Governo do Estado.

 

 

Repórter: Priscila Baima

[ Mais notícias ]