Voltar ao topo

23 de julho de 2024

Presidente da Petrobras defende combustíveis a preço de mercado

Compartilhar:

O presidente da Petrobras, José Mauro Coelho, em declaração em seus perfis nas redes sociais, defendeu a atual política de preços de combustíveis da companhia. O diretor compartilhou um vídeo institucional que apoia a manutenção do Preço de Paridade de Importação (PPI), fator principal do aumento de preços de diesel e gasolina.

Essa foi a primeira manifestação pública de José Mauro desde a sua posse, que aconteceu no dia 14 de abril. Na própria posse, o diretor já havia defendido a política de preços, afirmando que a medida foi responsável pelo aumento da produção de petróleo e gás natural. 

O PPI representa a equiparação dos preços dos combustíveis comercializados no exterior com o mercado interno, levando em conta o câmbio e a cotação do barril de petróleo no mercado internacional, além de custos adicionais como o frete marítimo. A medida busca manter uma equivalência entre os preços dos combustíveis nas refinarias da Petrobras e os preços das importadoras. 

Em um trecho do vídeo publicado, a empresa explica o uso do mercado global como referência. “As taxas de câmbio, especialmente os preços em dólar, são essa referência. Assim, combustíveis e vários outros produtos podem ser comercializados em todo o mundo, seguindo preços de mercado internacionais. É isso que torna possível que empresas tragam produtos para o Brasil”.

[ Mais notícias ]