Voltar ao topo

13 de junho de 2024

Élcio participa de Assembleia Geral da ONU e busca sediar fórum em 2026

Conforme a assessoria de Élcio Batista, vice-prefeito de Fortaleza, ao OPINIÃOCE, a candidatura ainda precisa passar por uma banca avaliadora composta por atores do setor público, mas a resposta sobre a confirmação será dada até o final do no ano de 2023
Foto: Divulgação/Prefeitura de Fortaleza

Compartilhar:

A Prefeitura de Fortaleza está participando da segunda sessão da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas-Habitat (ONU-Habitat), em Nairóbi, capital do Quênia. O evento começou na última segunda-feira, 5, e vai até esta sexta-feira, 9. Representada pelo vice-prefeito e superintendente do Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor), Élcio Batista, e a superintendente do Iplanfor, Larissa Menescal, a gestão comparece à assembleia para reforçar e mostrar a capacidade do município em sediar o 13º Fórum Urbano Mundial, em 2026.

Em suas redes sociais, Élcio informou que Fortaleza está na segunda fase da candidatura para sediar o fórum. Ainda em suas redes, o vice-gestor informou que uma das pautas da Capital durante o evento realizado em Nairóbi é a campanha para sediar o fórum.

“Acreditamos que isso será uma oportunidade da nossa cidade estar nos holofotes do mundo. Como uma cidade piloto que pode ser uma cidade global, com soluções sustentáveis, com políticas públicas de sucesso, com economia verde e com espaços que promovam a coesão social”, comentou Élcio.

Ainda segundo Élcio, o Fórum é uma grande oportunidade para que Fortaleza possa reduzir suas desigualdades sociais. “Além de ser uma grande oportunidade para mostrar Fortaleza ao mundo, visando, também, à atração de investimentos de todos os setores e reforçando o turismo na cidade“, disse o superintendente do Iplanfor. 

CANDIDATURA

De acordo com a assessoria do vice-prefeito, ao OPINIÃO CE, o processo foi iniciado em novembro de 2022, e tem previsão de encerramento em agosto deste ano. A cidade foi a única da América Latina a ser selecionada para a segunda fase da candidatura.

Ainda conforme a assessoria, há a noção de que a ONU esteja voltando os olhos para o Brasil, principalmente às regiões Norte e Nordeste, já que foi confirmado, pela organização, que Belém-PA será sede da 30ª Conferência da Organização das Nações Unidas (COP-30), em 2025. A candidatura de Fortaleza para sediar o fórum, no entanto, ainda precisa passar por uma banca avaliadora composta por atores do setor público.

“Consideramos que os investimentos feitos na cidade, a nossa localização estratégica,  a série de políticas públicas eficazes realizadas pela gestão nos habilitam a vencer a candidatura. Esperamos que Fortaleza possa receber parte do mundo para apresentar as ações implementadas pelo município e projetos já em andamento, além do intercâmbio de práticas e atividades já desenvolvidas no município, com outras cidades. A resposta sobre a confirmação do encontro em Fortaleza será dada até o final do no ano de 2023”, respondeu a assessoria.

O Fórum Urbano Mundial ocorre a cada dois anos, e a edição de 2024 será em Cairo, capital do Egito.

A ASSEMBLEIA 

O tema para esta segunda sessão da Assembleia, aborda “Um futuro urbano sustentável, através de um multilateralismo inclusivo e eficaz: alcançando os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável [ODS] em tempos de crise global“. O encontro reúne representantes dos 193 estados-membro e lideranças na área da urbanização sustentável e é realizado em colaboração entre o governo do Quênia e a ONU-Habitat.

Felipe Barreto

[ Mais notícias ]