Voltar ao topo

25 de julho de 2024

Polícia Militar inicia Operação Réveillon e dá dicas de segurança nas estradas

Serão empregados 416 policiais militares, 35 viaturas, 65 motos e 09 guinchos, em 26 postos fixos na Capital, na Região Metropolitana de Fortaleza e no Interior do Ceará
Foto: Divulgação/SSPDS

Compartilhar:

A Polícia Militar, por meio do Batalhão de Polícia de Trânsito Urbano e Rodoviário Estadual (BPRE), deflagra a Operação Réveillon, que se inicia nesta sexta-feira (29) e segue até às 18h de segunda-feira, dia 1º de janeiro de 2024. O momento consistirá em aumentar o policiamento nas rodovias cearenses e, consequentemente, ampliar a segurança nas estradas no período das festas de fim de ano. Em parceria com os agentes da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), na Capital, e com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-CE), nas rodovias estaduais, o BPRE atuará de forma ininterrupta.

Serão empregados 416 policiais militares, 35 viaturas, 65 motos e 09 guinchos, em 26 postos fixos na Capital, na Região Metropolitana de Fortaleza e no Interior do Ceará.

Para melhor aproveitar o feriado de fim de ano, o BPRE repassa dicas que visam à segurança nas estradas cearenses. A priori, antes da viagem, deve-se realizar uma manutenção preventiva no veículo. Nesta, deve-se constatar que as condições de freios, pneus, óleo e água, principalmente, estejam em condições seguras para a viagem. Além disso, é de fundamental importância que as documentações do veículo e do condutor estejam regulares.

A PMCE destaca ainda que é importante haver um planejamento da viagem, com pausas para descanso, e que evite transitar, se possível, à noite. No momento do deslocamento, deve-se respeitar a sinalização de trânsito, os limites de velocidade da via e manter uma distância segura do veículo da frente. Ainda, motorista e passageiros do carro devem estar com cinto de segurança afivelados.

SEGURANÇA

Outras recomendações são acerca do transporte de crianças, animais e bagagens no veículo. No caso de crianças, o dispositivo de segurança adequado varia de acordo com a faixa etária: bebê conforto para crianças de até um ano ou com o peso de até 13 kg; cadeirinha para crianças com idade superior a um ano e igual ou inferior a quatro anos e com o peso entre nove e 18 kg e assento de elevação para as com idade superior a quatro anos e igual ou inferior a sete anos e meio e com o peso entre 15 e 36 kg; e o cinto de segurança é obrigatório para maiores de sete anos e meio.

Já em relação aos animais, embora seja recomendável o transporte do bichinho de estimação em dispositivo de segurança adequado, é infração de trânsito: o transporte do animal entre as pernas do condutor, do seu lado esquerdo, conduzir animais nas partes externas do veículo. Acerca da carga, que ocupa parte significativa e que dificulta ou impede a utilização adequada dos mecanismos e acessórios do veículo, esta deverá estar acondicionada no local apropriado, que é o porta-malas.

Ressalte-se ainda alguns pontos, como a proibição do motorista segurar e manusear telefone celular enquanto dirige e conduzir o veículo sob influência de álcool. Ambas são consideradas infrações gravíssimas.

Caso haja algum acidente de trânsito, deve-se manter a calma e verificar se houve feridos. Não havendo feridos, os veículos devem ser retirados da via para não atrapalhar o tráfego e evitar novos acidentes. Em caso de vítimas, sinalize e preserve o local, acione os serviços de emergência e aguarde no lugar. É importante também trocar informações com o outro condutor e registre o respectivo Boletim de Ocorrência.

[ Mais notícias ]