Voltar ao topo

14 de julho de 2024

Juazeiro do Norte ganha Plano Municipal de Política Cultural para fortalecimento do setor

Por meio de seu Instagram, Vandinho Pereira, secretário da Cultura do município, deu mais detalhes sobre o Plano
Vandinho Pereira, secretário da Cultura de Juazeiro do Norte. Foto: Reprodução/Instagram Vandinho Pereira

Compartilhar:

Nesta quinta-feira, 4, o Plano Municipal de Política Cultural de Juazeiro do Norte foi aprovado na Câmara Municipal do município caririense. O texto aprovado possibilita à classe artística no Município receber recursos de repasse de entes federativos, como no caso do recurso da Lei Paulo GustavoO documento dispõe de propostas a respeito da Educação Patrimonial em sala de aula, por meio da formação continuada de professores, do reconhecimento de mestres e grupos, bem como do mapeamento das manifestações culturais existentes em Juazeiro do Norte.

As propostas do plano visam não deixar de realizar o JuaForró, o Palhoção Cultural, a Cidade Cenográfica, Vaquejada, Carnaval e, sobretudo, o Circuito de Festivais do município, que ocorrerá no segundo semestre do anoPara o secretário de Cultura do Município, Vandinho Pereira, a inserção desses festivais é um grande avanço.

Isso tornará obrigatório que as demais gestões não deixem para trás políticas culturais das mais diversas, construídas através desse Plano de Cultura”, completa.

Por meio de seu Instagram, o titular da Cultura deu mais detalhes sobre a aprovação do Plano:

“Foi aprovado o plano decenal de política Cultural de Juazeiro do Norte na tarde de hoje, quinta-feira, dia 4 de maio de 2023, plano para 10 anos da nossa cultura. Quero aqui nesse momento passar essa informação para toda classe artística que a partir de agora, o nosso plano atualizado, o CPF da cultura atualizado, poderemos sim receber recursos de repasse de outros entes federativos como é o caso do recurso da Lei Paulo Gustavo que virá do Governo Federal”, disse. 

Vandinho aproveitou a oportunidade para agradecer vereadores que defenderam e apoiaram a aprovação do projeto. “Isto é importante para a cultura, e daqui para frente marcharemos com outras ações voltadas para o recurso da Lei Paulo Gustavo e, claro, outras ações da nossa Secretaria de Cultura”, afirmou o secretário.

[ Mais notícias ]