Voltar ao topo

14 de julho de 2024

PL de Diretrizes Orçamentárias segue para votação com 18 emendas parlamentares acatadas

Conforme Prefeitura de Fortaleza, as emendas têm objetivo de agregar mais qualidade à versão final do projeto
Foto: Divulgação/CMFOR

Compartilhar:

O Projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) 2024 caminha para o fim da tramitação na Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor). Com objetivo de agregar mais propostas à versão final do projeto, foram incorporadas 18 alterações feitas pelos vereadores, das 40 emendas parlamentares enviadas. Como primeiro instrumento do ciclo anual de planejamento da Capital, o projeto dá as diretrizes para o detalhamento da LDO, entregue todo mês de outubro para análise e votação da Câmara de Vereadores.

“Contamos com os vereadores da Casa, num exercício de articulação política e democrática que rende os melhores resultados para a população. Essa análise da Câmara é justamente para aperfeiçoar o documento”, comemora o secretário Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog), João Marcos Maia.

“Nessa fase temos muitas emendas com sugestão de aperfeiçoamento do próprio texto e priorização de ações que não apareciam como prioridade”, explica o coordenador de Orçamento, Planejamento e Monitoramento da Sepog, Diogo Pereira. O restaurante popular e a realização de estudos e projetos para fins habitacionais em Zonas Especiais de Interesse Social (ZEIS) de Fortaleza, por exemplo, passam a figurar como prioridade a partir das emendas propostas pelos vereadores.

Estimado em R$ 12,871 bilhões para 2024, um aumento de 19,88% em relação ao de 2023, o orçamento prevê R$ 1 bilhão só de investimento em obras na Capital. A previsão representa crescimento de 11% em relação à média do investimento executado de 2020 a 2022. 

AUDIÊNCIAS

O PLDO foi discutido previamente em audiência pública, realizada no dia 7 de junho, pela própria CMFor. Antes disso, na fase de elaboração do projeto, foram promovidas outras quatro audiências públicas virtuais entre fevereiro e março, e uma grande reunião presencial informativa do Ciclo de Planejamento Participativo 2023 no Teatro São José, em março. Nesse período, a população também pôde participar por meio de um formulário online que registrou 11.460 votos.

[ Mais notícias ]