Voltar ao topo

18 de julho de 2024

Pefoce é inaugurada na Região do Vale do Curu

Compartilhar:

Entrega foi realizada na noite do último sábado, mesmo dia em que foram assinadas ordens de serviço de areninhas e obras hídricas

Redação OPINIÃO CE
redacao@opiniaoce.com.br

Foto: Divulgação

Itapipoca, localizada a 160 Km de Fortaleza, recebeu neste fim de semana o novo Núcleo de Perícia Forense (Pefoce) da Região do Vale do Curu, que ficará sediado no município.

A entrega foi realizada na noite do último sábado, 26, mesmo dia em que foram assinadas as ordens de serviço de areninhas e obras hídricas.

Com investimento de R$ 4,4 milhões, o equipamento homenageia José Silva, que prestou relevantes serviços à população de Itapipoca quando atuou como servidor da Fundação Nacional de Saúde (FNS) e do Banco do Brasil (BB).

A unidade beneficiará cerca de 772 mil pessoas que moram nos 22 municípios da região: Acaraú, Amontada, Apuiarés, Bela Cruz, Cruz, Irauçuba, Itapagé, Itapipoca, Itarema, Jijoca de Jericoacoara, Marco, Miraíma, Morrinhos, Paracuru, Paraipaba, Pentecoste, São Luiz do Curu, Tejuçuoca, Trairi, Tururu, Umirim e Uruburetama.

A estrutura física dispõe de hall de acesso e circulação, e salas de espera; salas de exames e consultório; salas de expediente, digitação e identificação; sala de armas e sala de perícia criminal; setor administrativo, almoxarifado e sala de reunião; salas de repouso masculino e feminino; dois laboratórios e sala de laudos; setores de necrópsia e de refrigeração, e sala para reconhecimento de corpo; sala técnica, garagem, jardins e estacionamento externo com acessibilidade; anexos: guaritas, tanque balístico, depósito e sala de gerador.

Estiveram presentes o governador Camilo Santana; a vice-governadora Izolda Cela; o secretário da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, Sandro Caron; o perito geral do Ceará, Júlio Torres; o secretário das Cidades; Marcos Cals; o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, Evandro Leitão; o presidente da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), Neuri Freitas; os prefeitos das cidades da região; e outras autoridades, entre deputados estaduais e federais, além de lideranças locais.

“No Ceará já foram quase 15 mil homens da Segurança Pública contratados em serviço público. Nós temos hoje a maior frota de aeronaves de helicóptero biturbina da Polícia. Nós espalhamos o Raio em 59 bases, inclusive aqui em Itapipoca para ajudar a segurança. A Polícia hoje tem o que há de melhor em armas e inteligência. Temos hoje cerca de 3.500 câmeras conectadas a um sistema inteligente de videomonitoramento”, afirmou Camilo Santana, destacando investimentos para Itapipoca em infraestrutura, saúde e geração de empregos.

Itapipoca terá uma nova ETA
Além das areninhas, o Governo do Ceará e a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) autorizam o início das obras que viabilizarão a instalação de uma nova Estação de Tratamento de Água (ETA) e a substituição de um trecho da rede adutora do Açude Gameleira. O investimento total é de mais de R$ 20 milhões, afirma a gestão estadual. A data de entrega não foi informada na ocasião.

De acordo com a Cagece, as obras se complementam, uma vez que os serviços da rede buscam interligar o sistema adutor de água bruta da Gameleira à nova ETA construída em Itapipoca, melhorando o abastecimento em toda a cidade. “A ideia é começar a suprir toda a cidade com a oferta de água necessária, para atender a demanda. A cidade tem crescido consideravelmente, e sempre tendo uma necessidade maior de água”, explicou Neuri Freitas, presidente da Cagece.

A nova ETA da região terá um reservatório com incremento na vazão de 150 l/s, utilizando da tecnologia de tratamento de ciclo completo, que oferece ainda mais segurança no abastecimento de água tratada à população. Além da instalação de uma nova estação, a ETA existente em Itapipoca vai receber uma série de melhorias para seu funcionamento. No total, o investimento de mais de 12 milhões na execução da obra deve beneficiar cerca de 102 mil itapipoquenses.

Os serviços na rede adutora vão substituir mais de 8 km de tubulação, para instalar uma nova rede com tubos de ferro fundido de DN 500 mm. A intenção é readequar o sistema interligado ao Açude Gameleira, ao investir na ordem de 8,6 milhões.

[ Mais notícias ]