Voltar ao topo

24 de julho de 2024

Os ganhos na saúde que os seus deslocamentos podem trazer

Compartilhar:

Foto: Natinho Rodrigues

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que pessoas adultas façam pelo menos 150 minutos de atividade física por semana, e ressalta alguns dos muitos benefícios: melhora de quadros de depressão e ansiedade, aumento da qualidade do sono, redução do nível de estresse, prevenção de doenças cardiovasculares, aumento na qualidade e expectativa de vida, diminuição da chance de contrair Alzheimer, dentre outros.

Apesar dos inúmeros benefícios, falar sobre a necessidade de fazer exercícios físicos pode soar maçante para muitas pessoas. Tem gente que não pode pagar uma academia, ou não quer destinar parte do seu tempo diariamente para uma atividade física, ou não conhece um grupo para praticar nenhum esporte coletivo, ou tem alguma outra dificuldade para incluir uma atividade em sua rotina.

Mas e se não precisar incluir mais uma atividade no seu dia? Se você realizar um deslocamento de pelo menos 4 km (algo como ir da Igreja de Fátima à Praça do Ferreira, em Fortaleza), já gasta uns 15 minutos pedalando. Se for ida e volta, já são 30 minutos por dia. Fazendo isso 5 dias por semana, chegamos aos 150 minutos na semana.

Mesmo que o ritmo não seja intenso, já é possível aproveitar muitos dos benefícios citados. Claro que nem todo percurso é fácil ou mesmo possível de ser feito de bicicleta, nem todo mundo pode ou consegue abandonar outros modos de transporte. Mas é muito possível, e diria até fácil, incluir a bicicleta, ou a caminhada, em alguns dos percursos. Seja a ida a padaria, pequenas compras no mercado, aquele passeio no parque, praça, ou praia, uma ida a um café ou a alguma lanchonete, é um bom começo.

E quem começa, costuma gostar da experiência e passa a incluir outros percursos, usufruindo de cada vez mais benefícios. Com mais gente interessada, e considerando também os benefícios para a saúde, acredito que temos melhores argumentos para que as cidades melhorem a infraestrutura para bicicleta, atendendo a um número crescente de pessoas que queiram experimentar.

[ Mais notícias ]