Voltar ao topo

24 de julho de 2024

O Ciro de cá e o Ciro de lá

Compartilhar:

Não se pode atribuir a Ciro Gomes nenhum ato de traição na longa trajetória política que cumpre. Pode-se até dizer que abandonou, em nome de interesses próprios, a sombra dos coronéis e a dos tucanos, mas é justo notar que foram afastamentos bem absorvidos de lado a lado, além de não terem resultado de acirramentos insanáveis. Isso posto, cabe observar a estranha situação em que se encontra o presidenciável do PDT. No campo estadual, aproveitou ato na Câmara de Fortaleza para avisar que não aceita “traições” e que repudia “recados intoleráveis” que estaria recebendo do PT. E bateu outra vez na tecla de que será o PDT que definirá o nome do candidato governista ao Palácio da Abolição. Mas na cena nacional a história é outra: sem ouvir nenhuma queixa do pré-candidato, o cacique pedetista Carlos Lupi admitiu sem papas na língua que correligionários podem trair Ciro. Já o PT, com Lula disparado nas pesquisas de intenção de voto, não tem perdido tempo nem se desgastado com recados a quem quer que seja. Em resumo: o Ciro que aqui gorjeia não gorjeia como lá.

Bala doida

A propósito de sucessão estadual, a pré-campanha bolsonarista do deputado Wagner Sousa (União) tem estado um tanto confusa. Por não saber em quem atirar, a retórica de Wagner vem espalhando ataques contra o ex-prefeito Roberto Cláudio e a governadora Izolda Cela. E, por conta da indecisão, não consegue fazer uma mira precisa. Com isso, pode perder fôlego e munição.

Vespeiro

O deputado-pastor-bolsominion Jaziel Pereira (PL) comprou uma briga com corporações da educação privada no Ceará – não se sabe se foi “sem querer querendo” ou se foi por imprudência mesmo. Tentando satanizar professores, Jaziel disse que as escolas tendem à “doutrinação, aborto e erotização das crianças” – uma fala grosseira e sem sustentação ética, técnica ou moral. Agora, há donos de colégios defendendo boicote e até processo contra o parlamentar. Ói!

Sinta-se em casa

O deputado federal cearense Mauro Benevides Filho (PDT) estará hoje no centro do Centro. Isso mesmo. Ele será o palestrante em debate promovido pelo Centro de Estudos e Debates Estratégicos (Cedes), apêndice da Câmara federal. Mauro foi convidado pelos deputados Dênis Bezerra (PSB) e Félix Mendonça Jr. (PDT-BA).

Perigo nas estradas

O deputado André Fernandes (PL) quer porque quer que os órgãos de trânsito divulguem “a localização e o horário de funcionamento de todos radares, fixos, móveis, estáticos ou portáteis, de fiscalização de velocidade em todo o Estado, além da velocidade limite de cada um”. Um incomum afago em quem não respeita leis.

Tutu

Soma R$ 3,9 milhões o IX Edital das Artes da Secretaria da Cultura de Fortaleza. A esse valor se agregam R$ 1 milhão do Edital de Festejos Juninos de 2022. Ambos seguem com inscrições abertas até 14 deste mês. Ou seja, mais anavantu e menos anarriê.

[ Mais notícias ]