Voltar ao topo

23 de julho de 2024

MPCE monitora Creas de 55 municípios para verificar execução de medidas socioeducativas

As unidades são responsáveis por executar os serviços de proteção social a adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas em meio aberto de liberdade assistida e de prestação de serviços à comunidade
Foto: Divulgação/MPCE

Compartilhar:

O Ministério Público do Ceará (MPCE), por meio das promotorias de Justiça, como o apoio da equipe técnica do Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude (Caopij), realizou, entre os meses de abril e junho, 72 inspeções nos centros de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) municipais e regionais. As unidades são responsáveis por executar os serviços de proteção social a adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas em meio aberto de liberdade assistida e de prestação de serviços à comunidade.

A equipe técnica do Caopij auxiliou na inspeção, em modalidade presencial e remota, dos 62 Creas presentes em 55 municípios, cujos equipamentos são cofinanciados pelo Governo Federal e fazem parte do Projeto Socioeducação na Medida Certa. Trabalho semelhante foi realizado em outros 10 equipamentos, cujas promotorias de Justiça solicitaram apoio da equipe.

O prazo para envio do relatório encerrou no dia 15 de junho. O material enviado está em processo de análise para a construção do diagnóstico e comparativo com os dados obtidos em 2022.

MEDIDA CERTA

O projeto surgiu com o objetivo de o Caopij conhecer melhor os serviços de medidas socioeducativas de meio aberto executados nos municípios. Para isso, secretarias municipais de Assistência Social dos 184 municípios foram oficiadas pelo MPCE a prestarem informações sobre os planos de atendimento socioeducativo dos respectivos municípios. De posse das informações, a equipe técnica do Caopij inspeciona equipamentos de assistência social em municípios cofinanciados para a construção e atualização dos planos municipais, a execução das medidas ofertadas ou para a integração do serviço às políticas públicas setoriais.

[ Mais notícias ]