Voltar ao topo

18 de julho de 2024

Izolda Cela pede “união” após encontro com ex-governadores

A declaração veio após a primeira reunião do Conselho de Governadores do Estado, ocorrida na manhã de hoje (21), em Fortaleza.
Foto: Reprodução/Governo do Estado

Compartilhar:

A vice-governadora Izolda Cela (PDT), que deve assumir o Governo do Estado a partir de abril próximo, destacou que este é um momento de união entre as lideranças políticas “para o bem do Ceará”. A declaração veio após a primeira reunião do Conselho de Governadores do Estado, ocorrida na manhã de hoje (21), em Fortaleza, com a presença da atual gestão e de ex-governadores que estiveram à frente do Executivo cearense nas últimas quatro décadas. Na oportunidade, também foi apresentado o projeto Ceará 2050 com o planejamento de ações de médio e longo prazos visando as políticas públicas cearenses.

“Um momento histórico por reunir todos os gestores que estiveram à frente do nosso Estado nas últimas quatro décadas. Estiveram presentes, além do governador Camilo Santana, Cid Gomes, Lúcio Alcântara, Tasso Jereissati, Ciro Gomes, Francisco Aguiar e Gonzaga Mota”, frisou Izolda em uma publicação no Instagram. Esta foi a primeira postagem da vice-governadora na rede social. A professora busca maior inserção nas plataformas digitais para ficar mais próxima do eleitorado.

“Na oportunidade foi apresentado o projeto Ceará 2050, um planejamento a médio e longo prazos que fará parte da nossa Constituição Estadual, com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento do Ceará, e da melhoria da qualidade de vida dos cearenses. Este é um momento de estarmos cada vez mais unidos, pelo bem do nosso Ceará”.

Após o encontro, quem também se manifestou foi o tucano Tasso Jereissati (PSDB). O senador afirmou que não disputará à reeleição ao Senado Federal, mas que continuará contribuindo politicamente com o projeto cearense. Tasso afirmou que se mantém alinhado ao PDT na construção das políticas públicas e ao projeto liderado hoje pelo governador Camilo Santana no Ceará.

PDT

A vice-governadora Izolda Cela (PDT) irá assumir, em poucos dias, a cadeira de Camilo Santana (PT), que deve se descompatibilizar do cargo no início de abril próximo para tentar uma vaga no Senado Federal. Até a tarde desta segunda-feira (21), Izolda tinha mais de 3.600 seguidores no Intagram, incluindo os perfis oficiais do governador Camilo Santana e do Governo do Estado. Ao OPINIÃO CE, Izolda já reconheceu que precisa estar mais presente nas redes sociais e buscará manter ações realizadas por Camilo nas plataformas digitais. A reportagem apurou que Izolda deverá receber treinamento com esse objetivo.

A necessidade é potencializada também pela presença massiva de Camilo Santana nos meios digitais. No Instagram, por exemplo, o petista conta com mais de 1,1 milhão de seguidores. Em sua página oficial no Facebook, são mais de 504 mil. Já no Twitter são pouco mais de 216 mil. Considerando as três plataformas, o governador soma mais de 1,8 milhão de seguidores.

Além disso, Izolda é uma das pré-candidatas pelo PDT ao Goverdo do Ceará nas eleições de outubro próximo. Além dela, estão cotados Roberto Cláudio (ex-prefeito)Mauro Filho (deputado federal) e Evandro Leitão (deputado estadual e presidente da ALCE), todos com bom número de seguidores no Instagram: 209 mil, 26 mil e 29 mil, respectivamente. Ao assumir o Governo, a partir de abril, Izolda buscará ser mais atuante nas plataformas para fortalecer seu nome à uma possível reeleição.

Até então, a vice-governadroa contava apenas com uma conta oficial no Facebook, rede pela qual começou a se posicionar de forma mais firme nas últimas semanas, além de publicizar sua agenda no Governo do Estado e posicionamentos políticos.

[ Mais notícias ]