Voltar ao topo

13 de julho de 2024

Metrofor inicia cadastramento de pessoas com HIV, deficiências e autistas

O cartão será emitido em até 10 dias uteis. Por enquanto, o cadastramento para idosos não é necessário
Os trens serão disponibilizados em todas as cidades onde o Metrofor atua. Foto: Divulgação/ Ascom Metrofor

Compartilhar:

O Metrô de Fortaleza (Metrofor) iniciou, na última semana, o cadastro de pessoas com HIV, deficiências e autistas para que esses passageiros possam receber um cartão de identificação de uso permanente nas linhas do Metrofor, dispensando com isso a apresentação de documentos comprobatórios no ato do embarque. O benefício é previsto em lei e já é cumprido pelo serviço de transporte.

Para realizar o cadastro e emitir o Cartão de Gratuidade do Metrofor, as pessoas com direito ao benefício devem ir às estações Benfica ou Parangaba, munidos com CPF, comprovante de endereço e um dos cartões de gratuidade fornecidos pela Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) ou pela Agência Reguladora do Estado do Ceará (Arce).

O cartão será emitido em até 10 dias uteis. Por enquanto, o cadastramento para idosos não é necessário. Na Estação Benfica, os horários de atendimento são das 8h às 12 e das 13h às 17h. Já na Estação Parangaba, o cadastro funciona das 8h às 13h e das 14h às 17h.

No site do Governo do Ceará é possível acessar links que orientam sobre a emissão da gratuidade. Para conhecer a política de gratuidade do Metrofor, clique aqui. Já para saber como emitir o cartão gratuidade na Etufor, clique aqui. E para saber como emitir a gratuidade na Arce, acesse aqui.

[ Mais notícias ]