Voltar ao topo

24 de junho de 2024

MDB Ceará: após acusação contra Eunício, prefeitos filiados pedem para deixar a legenda

Neste fim de semana, o ex-deputado estadual Leonardo Araújo (MDB) acusou Eunício de barrar sua saída do partido e proferir xingamentos homofóbicos
Eunício Oliveira, em entrega de moradias do "Minha Casa, Minha Vida", em Fortaleza, em maio deste ano. Foto: Beatriz Boblitz/Arquivo Opinião CE

Compartilhar:

Após acusação contra o deputado federal Eunício Oliveira (MDB), presidente do MDB Ceará, cinco filiados entraram com protocolo de desfiliação junto ao diretório estadual do partido nesta segunda-feira (9). Os prefeitos David Campos, de Palmácia, Rafael Marques Bastos, de Pacatuba, Sônia Costa, de Madalena e Telvânia Braz, de Paramoti; além de Ana Paula Araújo, presidente do MDB Mulher no Ceará, visam se desligar da legenda. O OPINIÃO CE teve acesso às cartas de desfiliação.

Neste fim de semana, o ex-deputado estadual Leonardo Araújo (MDB) acusou Eunício de barrar sua saída do partido e proferir xingamentos homofóbicos. Ao OPINIÃO CE, Eunício negou as acusações. “Acusações? Eu? Nem tenho preconceito sobre opção sexual dele e nem de ninguém”. Há expectativa de que seis nomes deixem a legenda.

ENTENDA

O ex-deputado explicou que o motivo para a sua desfiliação seria devido a uma “perseguição” por parte do presidente do diretório estadual. Segundo Leonardo, há uma rixa entre os dois, que vem desde as eleições de 2022, em que Eunício teria ameaçado a não “dar legenda”, ou seja, não auxiliaria com fundo partidário durante as eleições. O OPINIÃO CE teve acesso a um áudio atribuído por Leonardo a Eunício. “Me processa ‘bichinha’, eu quero contar seus ‘podres’ todos, porque eu conheço todos. Ladrão é você, seu ‘viado’. Vai, processa, para eu mostrar que tu é ‘baitola’, ‘viado’ e ladrão. Ladrão é você, seu ‘viado escroto’. ‘Bichinha’ nojenta”, diz voz atribuída a Eunício, segundo Leonardo.

[ Mais notícias ]