Voltar ao topo

25 de julho de 2024

Mais de 210 mil famílias são beneficiadas com segunda entrega do Vale-Gás Social

Para este segundo lote do ano, o investimento é de R$ 19 milhões; De acordo com o Governo, um terceiro lote será entregue no próximo mês de novembro
Foto: Divulgação/SPS

Compartilhar:

A partir desta quarta-feira, 2, 210.655 famílias cearenses começam a receber o Vale-Gás Social – benefício que possibilita a aquisição de um botijão de gás para famílias de baixa renda do Ceará. Em solenidade na sede da Secretaria de Proteção Social (SPS) do Governo do Estado, em Fortaleza, os bilhetes foram entregues aos municípios, que repassarão os tíquetes para as suas respectivas populações. Segundo a gestão estadual, para esta segunda entrega do ano, o investimento é de R$ 19 milhões.

Presente na entrega, a secretária da Proteção Social, Onélia Santana, explicou a dinâmica de recebimento e uso do benefício dado pelo Estado. “Foi feito um ranqueamento dessas famílias que estão em extrema vulnerabilidade. Então, essas listas foram enviadas aos municípios e validadas pelo secretário de Proteção Social [de cada município] e, em seguida, essas famílias tiveram o Vale-Gás garantido em três entregas ao ano”, disse a titular da SPS, lembrando que os municípios têm entidades cadastradas para fazer a entrega de botijões de gás aos beneficiários.

A primeira entrega foi realizada em março, beneficiando 200.640 famílias em todo o Estado. De acordo com o Governo, um terceiro lote será entregue no próximo mês de novembro. Para todo o ano de 2023, o investimento previsto é de aproximadamente R$ 57 milhões para 622 mil bilhetes. 

Ao falar sobre a importância dos programas de combate à fome do Estado, o governador Elmano de Freitas (PT) ressalta que o impacto na vida das famílias beneficiárias é muito positivo.

“É um impacto muito positivo. É você imaginar que está em casa, querer fazer uma refeição e não ter o gás e nem o dinheiro para comprar esse gás. E aí, você tem o Vale-Gás e pode ir num local e adquirir. É tão decisivo quanto você ter um cartão do Ceará Sem Fome e, nesse cartão, ter R$ 300 para comprar comida para os seus filhos. É um dinheiro muito bem investido pelo Estado”, pontuou.

REQUISITOS

Para ter direito ao Vale-Gás Social é preciso que a família preencha alguns requisitos. São beneficiários aquela que também recebem o Cartão Mais Infância Ceará; famílias com jovens em situação de vulnerabilidade social inscritos no Programa Superação, instituído pela Lei n° 17.086, de 25 de outubro de 2019, em atividade no mês de janeiro/2023; e famílias inscritas no CadÚnico e que tenham sido beneficiadas com o Bolsa Família, com renda per capita até R$ 85. A entrega do Vale-Gás contempla ainda as cozinhas sociais e entidades beneficiadas pelo Mais Nutrição, projeto ligado ao programa Mais Infância Ceará.

Criado durante a fase mais difícil da pandemia de covid-19, em 2020, até o momento, já foram entregues mais de 1,5 milhão de tíquetes, com um investimento de R$ 132 milhões. Sancionada pelo Governo do Estado em 14 de setembro de 2021, a medida tornou-se política pública permanente, possibilitando a recarga gratuita do botijão de gás à população cearense em situação de vulnerabilidade, por três vezes ao ano.

[ Mais notícias ]