Voltar ao topo

23 de julho de 2024

Mais cinco militares são expulsos por participação no motim

Governo do Estado do Ceará

Compartilhar:

Chegando ao número de 29 policiais militares punidos por participação nos motins de 2020, a Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) expulsou mais cinco agentes, nessa segunda-feira, 21. Os SD PM Mauri Ângelo Rocha Gurgel, SD PM Alex Mateus de Carvalho da Silva, SD PM Ítalo Alencar Lobo, SD PM Felipe Viana Policarpo e SD PM Jefferson da Silva Oliveira foram exonerados, de acordo com o Diário Oficial do Estado (DOE).

“Até o presente momento, são 15 policiais excluídos da corporação e catorze punidos com sanções disciplinares de permanência por participação no movimento paredista”, explica a CGD. Na justificativa para a decisão, o órgão diz que “os comportamentos dos policiais caracterizaram desprezo e desrespeito à administração Militar, além de demonstrar total indisciplina e insubordinação”.

Os militares expulsos se juntaram “aos demais amotinados no Quartel do 18ºBPM, com o fardamento próprio das forças policiais, o que demonstra afronta à hierarquia e disciplina militar”, conclui o documento. A CGD ainda completa que os processos administrativos “seguem os preceitos da ampla defesa e do contraditório”.

Com Governo do Estado do Ceará

[ Mais notícias ]