Voltar ao topo

24 de julho de 2024

Izolda chega ao Dia da Mulher com expectativa especial: ser governadora

Compartilhar:

Izolda Cela terá o desafio de comandar um projeto que mudou o Ceará, como primeira mulher e professora a ocupar o cargo. Nesta terça-feira, 8, será o Dia Internacional da Mulher. Uma, em especial, estará no centro das atenções. Izolda Cela (PDT), será a primeira mulher a assumir o Governo do Ceará, se o governador Camilo Santana (PT) renunciar ao cargo, para se candidatar ao Senado. Atual vice-governadora, ela tem um história brilhante de servidora pública como professora.

O maior momento na vida pública da sobralense, que fez a opção de aprender e ensinar, certamente mudará sua vida. Izolda será a governadora de um Estado em grande transformação nas áreas fundamentais para o desenvolvimento. O Ceará está promovendo uma revolução na educação, constrói uma rede pública exemplar na área da saúde, tem a mais ampla rede de assistência social do país, investe em infraestrutra e desponta como Estado que mais recebe novas empresas, a partir do Complexo Portuário do Pecém. Não é pouca coisa.

Se Camilo Santana deixar, mesmo, o cargo no próximo dia 2, estará quebrando uma sequência de mais de dois séculos de homens comandando o Estado. A governadora entrará para a história, não só como gestora, mas como a mulher que alcançou o mais alto posto do poder executivo. Pode nascer uma nova era, com mulheres tendo a perspectiva de poder, como ocorreu por duas vezes na Prefeitura de Fortaleza.

Quando escolhido para ser o candidato ao governo em 2014, Camilo Santana havia passado por experiências importantes. Foi secretário de Agricultura, eleito deputado estadual e nomeado secretário de Cidades. Izolda viveu grande experiência ao lado de Camilo, coordenando projetos, como o Ceará Pacífico e o Programa de Oportunidades.

Izolda Cela terá o desafio de governar e se viabilizar como candidata à reeleição, se não tiver assumido o compromisso de concluir o mandato de Camilo Santana. O cargo de governador é desejado por outros preparados colegas de Izolda, a quem o partido abriu a porta para discussão das escolhas. A vice está entre os pré-candidatos e se tornará forte nome para seguir no cargo.

O fato é que o Ceará poderá ter a primeira governadora. No Nordeste, o Maranhão e o Rio Grande do Norte viveram a experiência de serem governados por mulheres. Chegou a hora da cearense.

Roberto Cláudio adia ida ao Cariri
Roberto Cláudio (PDT) tinha agenda no Cariri nesta terça-feira, 9, e quinta-feira, 10. Adiou. O PDT promove encontros regionais, sexta-feira, 11, e sábado, 12, em Pacajus e Paracuru. No Cariri, os prefeitos estão fechados com o ex-prefeito de Fortaleza.

Sarto fortalece candidatura de Roberto Cláudio
O PDT vai recomeçar as incursões pelo interior do Ceará, promovendo os encontros regionais. O envolvimento de prefeitos, presidentes de diretórios municipais, aliados e dirigentes de movimentos sociais aguça o debate sobre a sucessão estadual. São elementos que compõem a pré-campanha.

A política de Tauá perde um guerreiro
Domingos Gomes de Aguiar foi duas vezes prefeito de Tauá e ocupou relevantes cargos públicos, como médico. Nas duas vezes em que se tornou candidato, não apareceram adversários. Como candidato único, recebeu quase 100% dos votos válidos. No seu velório, o mundo político o reverenciou, através do seu sucessor, Domingos Filho.

A boiada vai passar II
O presidente da Câmara Federal, deputado Arthur Lira (PP), na contramão dos demais poderes, suspendeu o retorno presencial das sessões na Casa, por tempo indeterminado. Os líderes dos partidos, sejam de oposição ou ligados ao governo, estão preocupados. Vai passar a boiada, ou seja, pautas bomba podem ser aprovadas.

[ Mais notícias ]