Voltar ao topo

23 de julho de 2024

Início da segunda quinzena de maio indica chuvas isoladas no Litoral

Para esta semana, a tendência é de chuvas isoladas com intensidade variando de fraca a moderada até pelo menos quinta-feira, 18
Tendência é chuvas para os próximos dias na Capital. Foto: Beatriz Boblitz/Arquivo

Compartilhar:

O início da segunda quinzena do mês de maio, que marca o fim da quadra chuvosa no Ceará (fevereiro a maio), deve apresentar condições para chuvas isoladas, passageiras e não muito expressivas, segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Os principais acumulados são esperados para faixa litorânea e ainda concentrados entre madrugada e manhã.

De acordo com a Fundação Cearense, choveu, até esta terça-feira, 16, uma média de 34.2 mm, sendo o normal para o período 90.6 mm – um desvio negativo de -62.3%. Os dados são parciais e ainda deverão ser atualizados.

Para esta semana, a tendência é de chuvas isoladas com intensidade variando de fraca a moderada até pelo menos quinta-feira, 18. Os maiores acumulados tendem a se concentrar a princípio nos extremos, nas áreas da faixa litorânea (madrugada e manhã) e do Cariri (noite e madrugada) e partes do sul do Sertão Central e Inhamuns (noite e madrugada).

Para esta quarta-feira, 17, há chance de chuva isolada em todas as macrorregiões, devendo ocorrer entre a madrugada e a manhã, no litoral e no Cariri. Nos demais períodos do dia, todas as regiões poderão ter chuva, sendo esta de forma isolada. Já na quinta-feira, 18, poderá ocorrer chuva em todas as regiões.

ZONA DE CONVERGÊNCIA

Conforme a Funceme, as chuvas previstas para os últimos dias da quadra chuvosa estão associadas a áreas de instabilidades oriundas do oceano Atlântico e do leste do Nordeste do Brasil, além do sistema de brisa e dos efeitos locais (temperatura, umidade e relevo). A Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), principal sistema indutor de chuvas no período da quadra chuvosa, continua afastada da costa do Ceará, localizada ao norte da Linha do Equador. A situação desfavorece a ocorrência de chuvas generalizadas no Estado.

Entre segunda e esta terça-feira, 16, choveu em 64 municípios, com destaque para Morada Nova (94 mm), Maranguape (31 mm), Pentecoste (30 mm), Umirim (26.6 mm) e Penaforte (26.2 mm).

[ Mais notícias ]