Voltar ao topo

17 de julho de 2024

Governo do Estado restringe para 30% a capacidade de público em jogos de futebol no Ceará

Compartilhar:

Durante transmissão ao vivo pelas redes sociais nesta sexta-feira (14), o governador Camilo Santana anunciou a redução do público em jogos de futebol de 80% para 30% da capacidade dos estádios. A decisão constará em decreto a ser publicado pelo Governo do Estado e foi tomada após reunião do Comitê Estadual de Enfrentamento à Pandemia. A medida tenta conter o avanço do número de infectados pela variante Ômicron, do novo coronavírus, que tem causado “uma demanda muito forte assistencial nos postos de saúde”, destacou o governador.

Até o último decreto, a Arena Castelão, maior equipamento esportivo do Estado, poderia receber até 50 mil pessoas. Com a decisão, esse número cai para pouco mais de 18 mil torcedores. “Deverão ter sua capacidade reduzida a 30%, para quando nós iniciamos a reabertura, até 5 de fevereiro, que é o prazo que nós tomamos, também, em relação aos eventos”, explicou o governador. O Comitê Estadual também recomendou o adiamento da volta às aulas para crianças de até 11 anos.

Confira a decisão:

Máscara

Durante o comunicado, Camilo também anunciou a obrigatoriedade das máscaras do tipo N95, considerada mais eficaz para a diminuição do contágio, em alguns estabelecimentos, como farmácias e supermercados.

“Outra decisão importante é pela obrigatoriedade do uso da máscara N95 ou similar para trabalhadores de estabelecimentos como, por exemplo, farmácias, supermercados e escolas, devido ao alto poder de contágio da Ômicron. Os estudos mostraram que a máscara N95 consegue proteger significativamente a transmissão dessa variante. É uma obrigatoriedade para proteger o trabalhador e a população“, disse

[ Mais notícias ]