Voltar ao topo

25 de julho de 2024

Governador faz reunião para avaliar programas e ações voltadas à segurança pública no Estado

Para o secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Samuel Elânio, terminar o ano fazendo essa análise é essencial para planejar as iniciativas necessárias para obter resultados ainda melhores em 2024
Elmano de Freitas destacou a importância de ações de segurança voltadas para outras áreas da gestão. Foto: Divulgação/ Ascom SSPDS

Compartilhar:

O governador do Ceará, Elmano de Freitas (PT), comandou nesta terça-feira reunião para avaliar os principais programas e projetos que impactam na segurança pública do Estado. O encontro também serviu para planejar as ações e os ajustes necessários para o próximo ano.

A reunião aconteceu na sede da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), no Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), em Fortaleza. Elmano de Freitas e os executivos das Forças de Segurança analisaram o Programa Integrado de Prevenção e Redução da Violência (PreVio), as unidades Integradas de Segurança (Unisegs) e os principais indicadores criminais do Estado, como os crimes violentos letais intencionais (CVLIs) e os violentos contra o patrimônio (CVPs).

Também foram discutidas ações transversais que envolvem as secretarias da Educação (Seduc), da Proteção Social (SPS), do Esporte (Sesporte) e da Cultura (Secult). O Governador iniciou a reunião fazendo um balanço dos avanços conquistados neste primeiro ano de gestão.

“Fiz questão de estar aqui com a cúpula da Segurança Pública do Ceará para discutir sobre estratégias e avaliar as ações já em desenvolvimento no combate às ações criminosas em nosso estado. Este ano de 2023 chega ao fim com várias ações na área e com a garantia de continuar trabalhando ainda mais em 2024. Para reforçar o efetivo, convoquei 714 policiais civis, 79 profissionais da Pefoce e 1.313 policiais militares. Neste ano, os comandos das Forças de Segurança passaram a atuar no Cisp com objetivo de garantir um trabalho mais integrado no combate à violência. Entreguei ainda mais sete bases do CPRaio, totalizando 75 em todo o estado. Em 2024, continuaremos com o compromisso de garantir segurança para todas e todos os cearenses”, ressaltou Elmano de Freitas.

ANÁLISE E PLANEJAMENTO

Para o secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Samuel Elânio, terminar o ano fazendo essa análise é essencial para planejar as iniciativas necessárias para obter resultados ainda melhores em 2024.

Trabalhamos estrategicamente nos locais mais complicados, onde as manchas criminais aparecem mais fortes. Mapeamos o que há de presença do Estado nessas áreas, seja com as Forças de Segurança ou outros tipos de equipamentos, como unidades de saúde ou escolas. A partir disso e junto com as demais áreas do Governo, planejamos aumentar ainda mais a presença do Estado para continuar reduzindo os índices”, assegurou Samuel Elânio.

Durante a reunião, o titular da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp), Nabupolasar Feitosa, apresentou os indicadores de CVLIs e CVPs do Ceará e de Fortaleza, mostrando mapas com as manchas criminais onde é necessária uma maior atenção do poder público. Já a coordenadora do PreVio e assessora da Vice-Governadoria, Carla da Escócia, apresentou os trabalhos realizados pelo programa nos dez municípios que são atendidos pela iniciativa, no caso, as cidades de Fortaleza, Caucaia, Maracanaú, Maranguape, Juazeiro do Norte, Crato, Sobral, Itapipoca, Iguatu e Quixadá.

A reunião contou também com as presenças do secretário executivo de Planejamento e Gestão Interna da SSPDS, Adriano de Assis Sales, e dos titulares dos órgãos vinculados à SSPDS, o delegado-geral da Polícia Civil do Ceará (PCCE), Márcio Gutierrez; o comandante-geral da Polícia Militar do Ceará (PMCE), coronel Klênio Savyo; o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE), coronel Cláudio Barreto; o titular da Perícia Forense do Ceará (Pefoce), Júlio Torres; o diretor-geral da Academia Estadual de Segurança Pública (Aesp), Leonardo Barreto. Também estiveram presentes o secretário de Estado, chefe da Casa Civil, Max Quintino; as secretárias da Educação, Eliana Estrela; e da Proteção Social, Onélia Santana; o secretário do Esporte, Rogério Pinheiro; e a secretária-executiva do Planejamento e Gestão Interna da Cultura do Ceará, Gecíola Fonseca. Participaram ainda o diretor de Planejamento e Gestão Interna da PCCE, Otávio Coutinho; o diretor de Planejamento e Gestão Interna da PMCE, coronel Jorge Costa; o diretor de Planejamento e Gestão Interna do CBMCE, coronel Manoel Helder de Miranda; e a diretora de Planejamento e Gestão Interna da Pefoce, Manuela Cândido.

 

[ Mais notícias ]