Voltar ao topo

24 de julho de 2024

Fortaleza vence de novo pela Sul-Americana e se classifica como o 2º melhor brasileiro da fase de grupos

O Leão do Pici ficou atrás apenas do São Paulo entre os brasileiros; O Tricolor agora deve esperar os confrontos da repescagem para saber qual será o seu adversário nas oitavas de final; sorteio da etapa e do chaveamento da competição será realizado na próxima quinta, 5
Thiago Galhardo, Lucero, Lucas Crispim e Yago Pikachu comemorando um dos gols do Leão na partida. Foto: Mateus Lotif/Fortaleza EC

Compartilhar:

O Fortaleza venceu o Palestino/CHI pelo placar de 2 a 1 fora de casa, pela Copa Sul-Americana. O jogo, válido pela última rodada da fase de grupos da competição internacional, foi disputado no Estádio Municipal de La Cisterna, nesta terça-feira, 27. Com a vitória, o Leão do Pici se garantiu como o segundo brasileiro com a melhor campanha da etapa, atrás apenas do São Paulo, que finalizou com um ponto a mais (16 a 15).

O sorteio que vai definir os confrontos das oitavas de final e da repescagem – fase inédita no torneio – vai acontecer na próxima quinta-feira, 5, na sede da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol).

PRIMEIRO TEMPO

A primeira etapa do jogo não foi tão movimentada como os 45 minutos finais, mas terminou já com o Fortaleza a frente do placar. No primeiro lance de perigo do jogo, aos 7 minutos, Lucas Crispim cobrou uma falta de perto da área, mas sem muito perigo, a bola saiu pelo lado esquerdo da meta do adversário. Aos 14, João Ricardo teve que trabalhar na finalização do atleta Carrasco, do clube chileno.

Ainda no zero, o gol que abriu o placar na partida veio aos 19 minutos, em ótima jogada trabalhada do Tricolor do Pici. Benevenuto tocou para Yago Pikachu, que apenas escorou para o meio-campista Calebe. O meia então deu um passe para Guilherme, que de forma inteligente, fez um corta-luz para a chegada de Lucas Crispim. O meia/lateral chegou chutando de primeira, em uma bela finalização que morreu no fundo das redes do Palestino. Golaço, 1 a 0 Fortaleza.

SEGUNDO TEMPO

Se a metade inicial do jogo teve poucas chances e não apresentou muito perigo ao Fortaleza, a segunda etapa veio para mostrar ao Leão que nada estava ganho. Logo aos 12 minutos, João Ricardo teve que operar um milagre: Salas, atacante do Palestino, estava sozinho dentro da área quando recebeu um cruzamento perfeito. O atleta cabeceou, mas viu o arqueiro tricolor se esticar e impedir que a bola entrasse na sua meta.

Na sequência, Barticciotto, o outro atacante do clube mandante, teve três chances seguidas, aos 13, 17 e 27 minutos. Na última delas, inclusive, o jogador viu o zagueiro Brítez tirar a bola de cabeça praticamente em cima da linha do gol. A melhor chance do time chileno até o momento.

Como diz o ditado: “quem não faz, leva”, e assim foi no jogo desta terça. Aos 29, Caio Alexandre lançou Yago Pikachu dentro da área, o jogador dominou, e tocou para trás, em direção a Lucero. O camisa 9, que tinha acabado de entrar, finalizou de primeira, sem chances de defesa para o goleiro Rigamonti. 2 a 0 Fortaleza.

Ainda daria tempo do Palestino diminuir. Aos 30 minutos, Carrasco cobrou escanteio fechado, nos pés de Farias, que apenas escorou para o fundo das redes. Diminuem os mandantes, 2 a 1 Leão. Mas nada estava ganho, pois aos 43, João Ricardo teve que aparecer de novo, em uma nova finalização de Farias. O arqueiro, no entanto, defendeu sem muito esforço. Fim de jogo.

PRÓXIMA FASE

Com a classificação às oitavas de final garantida, o Fortaleza deve aguardar os confrontos da fase de play-offs, ou repescagem, em que os segundos colocados de cada um dos grupos da Sul-Americana vão enfrentar os terceiros colocados da Libertadores, a principal competição do continente. O sorteio para esta etapa e para o chaveamento da Sul-Americana será realizado na próxima quinta-feira.

Pelo Brasileirão, o Fortaleza viaja ao Rio de Janeiro-RJ, para jogar contra o Flamengo, pela 13ª rodada do campeonato. A partida será disputada no sábado, 1º, às 18h30, no Estádio Maracanã.

[ Mais notícias ]