Voltar ao topo

24 de julho de 2024

Ceará quebra invencibilidade do Criciúma fora de casa na Série B e se aproxima do G4

Vovô venceu o clube catarinense por 2 a 1, no estádio Heriberto Hülse, casa do Tigre
Erick, Nicolas, Chay, Caíque e Jean Carlos comemoram o primeiro gol do Alvinegro na partida. Foto: Felipe Santos/Ceará SC

Compartilhar:

O Ceará venceu o Criciúma/SC por 2 a 1 neste domingo, 21, no estádio Heriberto Hülse, na cidade homônima ao clube mandante, em Santa Catarina. Esta foi a terceira vitória do Vovô pela Série B na temporada, a segunda fora de casa. O clube catarinense estava invicto na competição e havia perdido apenas dois jogos na temporada, ambos pelo Campeonato Catarinense. Com o triunfo, o Alvinegro agora ocupa a 11ª posição na tabela, com 10 pontos, quatro a menos que o quarto colocado, o próprio Criciúma.

Indo para sua sexta partida como treinador do Vozão, Barroca precisava da vitória para dar tranquilidade à torcida e se distanciar do Z4 da “segundona”. E o Ceará já mostrou força desde o começo do jogo, pois logo aos 2 minutos, Nicolas já abriu o placar para o Alvinegro. Jean Carlos cobrou falta do lado esquerdo, em direção a Erick, que apenas escorou para dentro da área, onde estava o centroavante, que empurrou a bola para o fundo das redes. 1 a 0 Ceará.

O Criciúma buscava o empate. Aos 9 minutos, Marquinhos Gabriel cruzou na cabeça de Felipe Mateus, que finalizou no cantinho, para boa defesa do goleiro Bruno Ferreira. O gol que igualou o marcador viria aos 30 minutos, em um pênalti que surgiu de toque de mão de Erick dentro da área alvinegra. Na cobrança, Marquinhos Gabriel, destaque do Tigre, empatou a partida. 1 a 1 em Santa Catarina.

O primeiro tempo se aproximava do fim, mas, aos 43, o Vovô marcaria outro gol, este, com Erick. William Maranhão finalizou da intermediária, obrigando o goleiro Gustavo a fazer a defesa. No rebote, entretanto, a bola sobrou com Erick, que finalizou no canto esquerdo do arqueiro carvoeiro. 2 a 1 Vovô

SEGUNDO TEMPO

Para a segunda etapa, o técnico Claudio Tencati, do clube mandante, promoveu duas alterações para tentar buscar o resultado. Aos 4 minutos, o empate quase veio com Felipe Vizeu, ex-Ceará, em um cabeceio forte que balançou as redes pelo lado de fora da meta alvinegra. 

Mesmo com o resultado favorável, o Ceará continuava em busca do terceiro gol. Aos 10 e aos 16 minutos, Erick teve chances de ampliar o marcador. Nos dois lances, o atacante finalizou colocado. Na primeira finalização, a bola passou perto do travessão, e na segunda, o goleiro Gustavo fez uma ótima defesa.

Aos 37, Guilherme Castilho, que entrou no decorrer da etapa final, perdeu a chance de matar o jogo. Cara a cara com o goleiro do Criciúma, após falha da zaga catarinense, o meio campista não conseguiu deslocar o arqueiro Gustavo, que fez ótima defesa na finalização do jogador alvinegro. Com a chance desperdiçada, o clube mandante partiu para cima. Aos 40, Vizeu, de novo de cabeça, quase empata a partida. A bola passou rente à trave direita de Bruno. Fim de jogo, 2 a 1 para o Ceará.

RESULTADO E PRÓXIMOS JOGOS

Com o resultado, o Ceará agora possui 10 pontos conquistados na Série B (três vitórias e um empate em sete jogos). Ocupando a 11ª posição da tabela, o Vovô está a apenas quatro pontos do quarto colocado. Para a próxima partida, o Alvinegro de Porangabuçu continua no Sul do país, onde vai enfrentar o Londrina/PR, na quarta-feira, 24, às 19h.

No domingo, 28, o Ceará volta a jogar dentro de casa, contra o Novorizontino/SP, às 15h30 na Arena Castelão, no que será o primeiro jogo do clube com a presença de torcida na competição. Contra o clube paulista, poderão entrar no estádio apenas mulheres (não filiadas a Torcidas Organizadas) e crianças de até 12 anos. Isto ocorre devido a uma punição pela invasão de campo da torcida contra na partida contra o Cuiabá/MT, ainda na Série A do ano passado.

[ Mais notícias ]