Voltar ao topo

17 de julho de 2024

FNE Sol destina R$ 40 milhões para empresas cearenses

Compartilhar:

Verba é para micro e pequenas empresas do Ceará para financiar instalação de energia solar com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste

Redação OPINIÃO CE
redacao@opiniaoce.com.br

Projeto, após fase inicial de aprovação, precisa ser apresentado em uma agência do BNB (Foto: Natinho Rodrigues)

As micro e pequenas empresas do Ceará têm cerca de R$ 40 milhões à disposição para financiar a instalação de energia solar com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE).

Os valores estão previstos para este ano na linha FNE Sol, operada pelo Banco do Nordeste do Brasil (BNB), informou nesta quarta-feira, 18, a instituição. O FNE Sol é descrito pelo BNB como o Programa de Financiamento à Micro e Minigeração Distribuída de Energia Elétrica e Sistemas Off-grid

Ao todo, estão disponíveis R$ 230 milhões para atender toda a área de atuação do BNB. Mais de R$ 53 milhões já foram contratados até abril. Segundo o superintendente de Negócios do Varejo e Agronegócio, Luiz Sérgio Farias Machado, o FNE-Sol proporciona aos empresários a oportunidade de gerar energia limpa e sustentável, ao mesmo tempo em que contribui para otimizar os custos da empresa.

“Com efeito, o custo da empresa com a conta de energia solar é inferior ao custo da energia convencional. E, após a quitação do financiamento, o cliente terá a sua produção de energia a um custo irrisório, o que contribui para a competitividade do negócio”, informa.

O banco vem realizando campanha em sua rede de agências para estimular a adoção de energia limpa. Além disso, participa de eventos com empresários, faz parcerias com agentes de desenvolvimento e realiza aproximação com as empresas instaladoras de sistema solar.

PESSOA FÍSICA
O Banco do Nordeste do Brasil também disponibiliza um total de R$ 145 milhões para financiamento de aquisição e instalação de sistema de placas solares em residências em sua área de atuação. A linha de crédito FNE Sol Pessoa Física promove a geração de energia limpa e renovável.

As prestações são calculadas para ficarem no valor equivalente ao da conta atual de energia elétrica do proprietário do imóvel, e as famílias têm a mitigação dos efeitos da inflação sobre a energia, bem como a geração de energia limpa por prazo bem superior ao prazo da operação.

Empresas e Produtores Rurais tem carência de até 6 meses e prazo de pagamento de até 12 anos, no total. Para pessoas físicas, o prazo é de até 6 meses e até 8 anos, respectivamente. Por fim, para projetos de Locação de Sistemas de Micro e Minigeração Distribuída de Energia Elétrica, os prazos, na mesma ordem, são até 12 meses e até 24 anos.

[ Mais notícias ]