Voltar ao topo

24 de julho de 2024

Moradores flagram crime ambiental em Jijoca de Jericoacoara

Veículos foram filmados e fotografados circulando dentro da Lagoa do Paraíso, que ficou poluída com óleo de motor
Foto: Divulgação/ Governo do Ceará

Compartilhar:

Na Semana de Defesa do Meio Ambiente, moradores e visitantes de Jijoca de Jericoacoara registraram, com imagens, um flagrante de crime ambiental, na Lagoa do Paraíso, que faz parte do Parque Nacional de Jericoacoara, no Litoral Oeste do Ceará. O fato ocorreu na manhã de domingo, 4.

Vários UTVs (Utility Task Vehicle. Em português, a tradução é Veículo Utilitário Multitarefas) foram vistos circulando no espelho d’água da lagoa. Mesmo muito próximos à margem, os veículos raramente passavam pela faixa de areia.

O local é uma área de proteção ambiental (APA) e também área de preservação permanente (APP). Após passarem pela lagoa, deixando-a poluída com óleo, os condutores dos UTVs se dirigiram a uma duna e subiram, omesmo com a placa de proibição de circulação de veículos.

O caso deixou a população local revoltada, principalmente porque, no momento em que trafegavam, havia muitos banhistas na lagoa. As imagens (fotos e vídeos) foram encaminhadas às autoridades responsáveis e ao Ministério Público, para que as medidas legais cabíveis sejam adotadas.

Além de crime ambiental, os condutores dos UTVs cometeram infração de trânsito, pois de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), esse tipo de veículo não pode circular em ruas, avenidas, estradas nem mesmo em logradouros públicos. A lei só permite a circulação em áreas particulares.

[ Mais notícias ]