Voltar ao topo

25 de julho de 2024

Figueiredo foi o único cearense presente em todas as sessões da Câmara em 2023; confira lista

O pedetista foi um dos únicos 17 deputados federais de todos os estados a comparecer às 115 sessões do ano na Casa
Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

Compartilhar:

O deputado federal André Figueiredo (PT-CE) foi o único parlamentar cearense a participar de todas as 115 sessões legislativas de 2023 na Câmara dos Deputados. Presidente em exercício do PDT nacional, ele foi um dos 17 de um total de 513 deputados que marcaram presença em todas as sessões plenárias, conforme levantamento feito pelo jornal O Globo.

Além do pedetista, compõem a lista dos cinco parlamentares cearenses que mais compareceram à Casa Legislativa quatro correligionários de Figueiredo: Enfermeira Ana Paula (PDT), com 36 presenças de 36 possíveis – exerceu o papel de deputada federal como suplente -; Idilvan Alencar (PDT), com 114 presenças de 115; Mauro Filho (PDT), 114 presenças de 115; e Leônidas Cristino (PDT), 88 presenças de 89 – também suplente que exerceu mandato. Do outro lado do espectro, o deputado federal cearense que menos compareceu à Câmara dos Deputados foi Domingos Neto (PSD), com 83 presenças de 115 possíveis. O parlamentar, no entanto, justificou todas as suas 32 ausências.

Confira a lista das presenças e ausências – em ordem do que mais compareceu ao que menos compareceu proporcionalmente – dos deputados federais cearenses:

  • André Figueiredo (PDT): 115 presenças (100%), 0 ausência, 0 ausência justificada;
  • *Enfermeira Ana Paula (PDT): 36 presenças (100%), 0 ausência, 0 ausência justificada;
  • Idilvan Alencar (PDT): 114 presenças (99,1%), 0 ausência, 1 ausência justificada;
  • Mauro Filho (PDT): 114 presenças (99,1%), 0 ausências, 1 ausência justificada
  • *Leônidas Cristino (PDT): 88 presenças (98,8%), 1 ausência, 0 ausência justificada;
  • **Eduardo Bismarck (PDT): 78 presenças (97,5%), 1 ausência, 1 ausência justificada;
  • *Eliane Braz (PSD): 30 presenças (96,7%), 1 ausência, 0 ausência justificada;
  • Luiz Gastão (PSD): 110 presenças (96,4%), 3 ausências, 1 ausência justificada;
  • *Priscila Costa (PL): 36 presenças (94,8%), 2 ausências, 0 ausências justificadas;
  • Moses Rodrigues (União Brasil): 109 presenças (94,7%), 2 ausências, 4 ausências justificadas;
  • Luizianne Lins (PT): 109 presenças (94,7%), 3 ausências, 3 ausências justificadas;
  • José Airton Cirilo (PT): 108 presenças (93,9%), 0 ausências, 7 ausências justificadas;
  • André Fernandes (PL): 106 presenças (92,9%), 2 ausências, 6 ausências justificadas;
  • Fernanda Pessoa (União Brasil): 105 presenças (92,1%), 1 ausência, 8 ausências justificadas;
  • José Guimarães (PT): 105 presenças (91,3%), 0 ausências, 10 ausências justificadas;
  • **Yury do Paredão (MDB): 69 presenças (90,7%), 0 ausências, 7 ausências justificadas;
  • Danilo Forte (União Brasil): 104 presenças (90,4%), 3 ausências, 8 ausências justificadas;
  • Eunício Oliveira (MDB): 103 presenças (90,3%), 2 ausências, 9 ausências justificadas;
  • **Célio Studart (PSD): 74 presenças (88%), 10 ausências, 0 ausência justificada;
  • Dr. Jaziel (PL): 101 presenças (87,8%), 1 ausência, 13 ausências justificadas;
  • **Robério Monteiro (PDT): 23 presenças (85,1%), 4 ausências, 0 ausências justificadas;
  • Dayany Bittencourt (União Brasil): 97 presenças (85%), 2 ausências, 15 ausências justificadas;
  • AJ Albuquerque (PP): 94 presenças (81%), 7 ausências, 14 ausências justificadas;
  • Matheus Noronha (PL): 89 presenças (78%), 5 ausências, 20 ausências justificadas;
  • Júnior Mano (PL): 87 presenças (75,6%), 6 ausências, 22 ausências justificadas;
  • Domingos Neto (PSD): 83 presenças (72,1%), 0 ausência, 32 ausências justificadas.

*Suplente que exerceu mandato em algum período do ano legislativo

**Titular que se licenciou em algum período do ano legislativo

As ausências são divididas entre justificadas e não justificadas. Assim, o parlamentar pode ter o abono da falta caso comprove que na sua agenda irá realizar atividade política em seu estado de origem ou represente a Casa legislativa em viagens internacionais. Caso a ausência não seja justificada, o salário será descontado em valor equivalente ao número de dias em que não compareceu na sessão.

[ Mais notícias ]