Voltar ao topo

24 de junho de 2024

Festival AfroCearensidades celebra Mês da Consciência Negra na Porto Iracema das Artes

A programação, que conta com rodas de conversa e de capoeira, e o lançamento da segunda edição do livro "Exu nas Escolas"
Foto: Divulgação/ Ascom Secult

Compartilhar:

Em celebração ao Mês da Consciência Negra, o I Festival AfroCearensidades, realizado pelo Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Igualdade Racial (Seir), em parceria com a Secretaria da Cultura (Secult), proporciona, na próxima segunda-feira (13), às 18 horas, na Escola Porto Iracema das Artes, o evento Encontro com Exu. A programação, que conta com rodas de conversa e de capoeira, e o lançamento da segunda edição do livro Exu nas Escolas (Editora Parentes), conta com a participação do autorda obra, o babalorixá e professor-doutor Pai Linconly Jesus (Unilab); do curador e artista Jean dos Anjos e do professor-doutor Ricardo Nascimento (Unilab).

Para participar, não é necessário inscrição prévia. O Encontro com Exu é um evento gratuito e aberto ao público, em parceria com o Instituto Parentes, Tambor Capoeira e a Associação Zumbi Capoeira.

O Festival AfroCearensidades traz ampla programação distribuída entre equipamentos culturais do Estado, com mais de 100 atividades voltadas à fruição, difusão, formação, cidadania e defesa de direitos, com foco na representatividade negra cearense.

SOBRE OS CONVIDADOS

Jean dos Anjos é antropólogo, fotógrafo e macumbeiro. Doutorando em Sociologia pelo PPG Sociologia da Universidade Estadual do Ceará (Uece), realizou exposições individuais e coletivas no Ceará, Pará, Rio de Janeiro e Santa Catarina. Foi premiado no Salão de Abril, em 2016 e 2023; selecionado para o Prêmio Pierre Verger, da Associação Brasileira de Antropologia (ABA) da qual é membro. Participou da temporada formativa do Laboratório de Artes Visuais da Escola Porto Iracema das Artes, em 2019. É pesquisador do Laboratório de Antropologia e Imagem (LAI/UFC).

Linconly Jesus é babalorixá do Ilè Axe Oba Oladeji, pós-doutor em Educação, Culturas e Identidades (PPGeci-UFRPE/Fundaj) na Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Desenvolve atuação profissional na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira (Unilab/CE), no Instituto de Humanidades, Curso de Pedagogia. Tem experiências na área de Manifestações Culturais Africanas e Afro-brasileiras, Religiões de Matrizes Africanas e Afro-brasileiras, Formação de Professores e de professoras, Educação do Campo, Educação Contextualizada, Práticas Educativas de Convivência com o Semiárido, Educação Escolar Quilombola e Indígena, Movimentos Sociais Campesinos e Relações Étnico-raciais, Diversidade, Cultura.

Ricardo Nascimento é doutor em Antropologia pela Universidade Nova de Lisboa, professor efetivo da (Unilab). Também é vice-coordenador do grupo de pesquisa e extensão Diálogos Urbanos (Unilab) e mestre de capoeira e diretor do grupo Tambor Capoeira.

A ESCOLA

A Porto Iracema das Artes é a escola de formação e criação em artes do Governo do Estado do Ceará, equipamento da Rede de Rede Pública de Equipamentos Culturais da Secult, gerida em parceria com o Instituto Dragão do Mar (IDM). Criada em 29 de agosto de 2013, há 10 anos desenvolve processos formativos nas áreas de Música, Dança, Artes Visuais, Cinema e Teatro, com a oferta de cursos básicos e técnicos, além de laboratórios de criação. Todas as ações oferecidas são gratuitas.

SRVIÇO:

Festival AfroCearensidades: Encontro com Exu, com Jean dos Anjos, Linconly Jesus e Ricardo Nascimento
Onde: Pátio da Escola Porto Iracema das Artes
Quando: segunda-feira, 13 de novembro
Horário: 18 horas
Gratuito e aberto ao público

[ Mais notícias ]