Voltar ao topo

13 de julho de 2024

Excesso de chuvas causa queda e elevação de produtos no Ceará; confira

As informações são do Sistema de Informação de Mercado da Ceasa-CE (Sima)
Foto: Divulgação/SDA

Compartilhar:

As fortes chuvas que têm caído no interior do Ceará estão provocando queda de preços em alguns produtos no entreposto da Ceasa em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza. É o caso do chuchu, a R$ 1,70/kg. Outros produtos que também apresentaram queda nos preços foram a goiaba, a R$ 3,00/kg, a pimenta-de-cheiro, a R$ 10,00/kg, e o feijão verde, que está a R$ 11,00/kg. O tomate-cajá está a R$ 3,20/kg e o tomate-longa-vida a partir de R$ 3,60/kg.

As informações são do Sistema de Informação de Mercado da Ceasa-CE (Sima). Desde a última semana, também marcam bons preços o coco verde, encontrado a R$ 1,30/kg, a melancia e limão Taiti a R$ 2,00/kg, o coco seco grande a R$ 2,50 a unidade, o melão japonês a R$ 2,50/kg e a acerola, a R$ 4,00/kg.

Por outro lado, alguns produtos apresentaram elevação em seus preços, pois a chuva traz transtornos ao produtor, causando maior facilidade de apodrecimento em virtude do alagamento das lavouras, causando grande perda na roça, além da questão da logística e transporte. Além disso, quando os produtos chegam ao mercado, eles ainda são selecionados e armazenados pelos compradores, o que pode gerar ainda mais prejuízos aos produtores.

Dentre os itens que estão com preços elevados na Ceasa em Maracanaú, destaque para o maracujá-grande, a R$ 6,80/kg, a banana, que está na entressafra e está sendo vendida a R$ 3,50/kg (a pacovan), o inhame a R$ 6,50/kg e o pimentão extra a R$ 7,50/kg. Produtos que vêm do Sul do Brasil também estão com preço em alta, em virtude da quebra de safra na região, como é o caso da uva benitaka (roxa), a R$ 6,50/kg, a maçã nacional a R$ 8,50/kg e a pera importada, a R$ 11,00/kg.

[ Mais notícias ]