Voltar ao topo

23 de julho de 2024

Evento nesta segunda abre discussões científicas sobre população quilombola

Compartilhar:

Estudo irá avaliar as mutações causadoras de cânceres de mama agressivos e hematológicos

Redação OPINIÃO CE
redacao@opiniaoce.com.br

Sede da Reitoria da UFC. Pesquisa é uma parceria entre universidade e ESP/CE (Reprodução/Flickr UFC/Viktor Braga)

Acontece nesta segunda-feira, 9, o primeiro Encontro de Saberes, às 13h30, no Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos (NPDM) da Universidade Federal do Ceará (UFC). O evento vai iniciar as discussões sobre a pesquisa Síndromes de Predisposição Hereditária Relacionada ao Efeito Fundador na População Quilombola Cearense.

O estudo que embasa a iniciativa vai avaliar as mutações causadoras de cânceres de mama agressivos e hematológicos em mulheres quilombolas e é desenvolvido pelo Grupo de Educação e Estudos Oncológicos (Geeon) da instituição federal de ensino.

A Escola de Saúde Pública do Ceará Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP/CE) firma parceria junto ao projeto. “Com essa cooperação, a autarquia assume um papel importante de articulação institucional com as prefeituras, as lideranças de comunidades quilombolas e as instituições que atuam nesse campo para permitir o desenvolvimento de todas as etapas do estudo”, explica o gerente de Pesquisa em Saúde da ESP/CE, Jadson Franco.

A pesquisa em comunidades quilombolas vai abrir a agenda de estudos científicos do projeto. O segundo tema a ser discutido será sobre o diagnóstico de doenças hipertensivas e diabetes em povos indígenas Tapeba, do município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, que ocorrerá em julho deste ano. Ao todo, serão seis Encontros de Saberes em 2022.

O Encontro de Saberes é uma iniciativa que pretende mostrar à sociedade os trabalhos científicos desde o início de suas execuções. A ideia, acrescenta o gestor, é assumir o compromisso de disseminar o conhecimento, “compartilhando todos os saberes, ou seja, usando de múltiplas linguagens que contemplem não só pesquisadores, mas a população em geral.” É necessário confirmar a presença do evento de logo mais pelo seguinte e-mail: gepes@esp.ce.gov.br.

[ Mais notícias ]