Voltar ao topo

17 de junho de 2024

Evandro Leitão sobe o tom de críticas à Prefeitura e ao grupo de Sarto em Fortaleza

Tido como político conciliador, o presidente da Alece e pré-candidato à Prefeitura de Fortaleza, usa as redes sociais para mostrar a falhas da gestão municipal
Evandro Leitão foi escolhido pré-candidato à Prefeitura de Fortaleza durante o Encontro Municipal do PT. Foto: Natinho Rodrigues/ Opinião CE

Compartilhar:

Conhecido pelo tom conciliador, o deputado estadual Evandro Leitão (PT), presidente da Assembleia Legislativa (Alece), nos últimos dias, subiu o tom em relação às críticas à administração municipal e à base do prefeito José Sarto (PDT) na Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor). A crítica mais recente foi relacionada ao acúmulo de lixo na cidade, apesar de o fortalezense estar pagando a taxa de recolhimento de resíduos sólidos pelo segundo ano seguido. O parlamentar é pré-candidato à Prefeitura de Fortaleza pelo PT.

“Está nos jornais o que todo mundo vê nas ruas e avenidas. A cidade está tomada de lixo, muito lixo. São mais de 1,2 mil pontos espalhados por toda Fortaleza. Repito: mais de 1,2 mil. Isso é escandaloso, principalmente neste ano, quando o Prefeito obrigou o cidadão de Fortaleza a pagar uma absurda taxa do lixo. Essa taxa já arrecadou mais de R$ 161 milhões do ano passado pra cá, mas a mas a Prefeitura esconde esse lado. Essa taxa tem que acabar. A Cidade merece mais e você merece respeito”, postou Evandro Leitão nas redes sociais.

Na postagem anterior, o presidente da Alece foi severo na crítica à base aliada de Sarto na CMFor, por conta do projeto de lei do vereador Luciano Girão (PDT) que prevê a desclassificação de mais de 11 hectares de uma área no bairro Manuel Dias Branco como zona de interesse ambiental (ZIA).

Um verdadeiro absurdo, nesses tempos em que o aquecimento global causa estragos por todo o mundo. Aqui, o meu compromisso: nenhuma área de preservação [ambiental] a menos em Fortaleza. Ao contrário. Vamos coletivamente lutar pela ampliação desses espaços verdes em nossa cidade“, disse o parlamentar.

PRÉ-CANDITATO À PMF

Desde o ano passado, o nome de Evandro Leitão surgiu como um possível sucessor de Sarto na Prefeitura de Fortaleza. O entrave se  deu porque o presidente da Alece, então no PDT, mas fazendo parte da base do governo Elmano de Freitas (PT). Evandro Leitão teve apoio do senador Cid Gomes, porém o grupo liderado por Cid Gomes foi contra, embora acompanhasse o desgaste de Sarto por causa da gestão.

Daí por diante, o governador Elmano vem sendo alvo de severas críticas por parte de Ciro Gomes, Sarto e Roberto Cláudio, antecessor de Sarto e candidato derrotado no primeiro turno nas eleições de 2022. Os pedetistas do grupo batem forte na gestão estadual, principalmente na questão da segurança pública.

TAXA DO LIXO

Evandro Leitão não é o único pré-candidato ao Paço Municipal a critica a cobrança da taxa do lixo. O ex-secretário da saúde de Maracanaú, Capitão Wagner Souza (União Brasil), e o deputado federal André Fernandes (PL), também pré-candidatos, já se pronunciaram a respeito do tributo e garantem que, caso eleitos, revogarão a cobrança. Todos os postulantes asseguram que a Capital é autossuficiente em arrecadação e que não há a necessidade de fazer o contribuinte pagar mais um tributo. Da base de Elmano de Freitas, o presidente da Alece participou no sábado (8) da reunião do Governador com o secretariado, sendo um dos últimos a chegar para o encontro.

[ Mais notícias ]