Voltar ao topo

16 de julho de 2024

Estação das Artes, no Centro, será entregue antes de Camilo deixar a gestão

Divulgação

Compartilhar:

Orçada em R$ 83 milhões, a Estação das Artes, construída na antiga estação da Rede Ferroviária Federal (RFFSA), no Centro deve ser entregue até o começo de abril. A data ainda está sendo definida, mas, conforme apurou o OPINIÃO CE, será até a saída de Camilo Santana (PT) do governo do Estado. Ele deixar o cargo a partir do próximo mês para iniciar os preparativos da campanha ao Senado.

O complexo de artes deve ser composto por Mercado das Artes, Mercado Gastronômico, Pinacoteca estadual, novas sedes da Secretaria de Cultura do Ceará e do Instituto Nacional do Patrimônio Histórico e Artístico (Iphan), biblioteca e museu, além de duas áreas de estacionamento. Sua extensão alcança uma área de 67 mil m².

Camilo prepara uma série de entregas antes de passar a gestão para a vice Izolda Cela. É ela que se tornará governadora a partir de abril. Nesta semana, o gestor enviou o pacote Ceará 2050, que instituirá um plano para o Estado pelo menos 20 anos a frente, para análise da Assembleia Legislativa do Ceará. A partir deste fim de semana, ele também cumpre agenda no interior para entregar outra obra bastante aguardada.

Confira agenda

No sábado, 26, o governador irá para Juazeiro do Norte na inauguração do teleférico da cidade, aparelho importante para incrementar o turismo religioso impulsionado. O equipamento dará acesso ao Horto do Padre Cícero, de onde se pode ver a estátua tão conhecida nacionalmente.

Já no domingo, 27, Camilo estará em Barbalha para inauguração da estátua de Santo Antônio, padroeiro do município. O monumento de 30 metros de altura representa um impacto positivo para a cidade e para toda a região do Crajubar (Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha).

Camilo volta a Juazeiro na segunda-feira, 28, para a inauguração da Arena Romeirão. O estádio será reaberto para o público com partida amistosa entre clubes do futebol cearense.

[ Mais notícias ]