Voltar ao topo

14 de julho de 2024

Em meio a disputas internas, PDT realiza encontro em Fortaleza nesta quinta (22)

O presidente do partido, André Figueiredo, chegou a realizar postagem confirmando presença de nomes importantes, incluindo os de Cid e Ciro; a postagem, no entanto, foi apagada
Cid Gomes e André Figueiredo fazem parte da discussão central dentro do partido. Fotos: Beatriz Boblitz e Mariana Parente

Compartilhar:

O Partido Democrático Trabalhista (PDT) vai realizar um encontro nesta quinta-feira, 22, em Fortaleza. Segundo a legenda, o objetivo é estimular o debate partidário e promover um projeto político “com os motes do Trabalhismo”. No Ceará, o partido está rachado entre os políticos que apoiam o deputado federal André Figueiredo para permanecer na presidência do PDT – e a reeleição de Sarto na Capital -, e os que apoiam o senador Cid Gomes para assumir o partido.

O encontro será o primeiro de uma série de reuniões que o partido pretende realizar nacionalmente. A expectativa da Executiva Nacional do PDT é de reunir deputados federais e estaduais, prefeitos, vereadores, líderes de movimentos de base do partido e a militância em geral. Ainda em Fortaleza, deve ocorrer um segundo encontro, nesta sexta-feira, 23.

PRESENÇAS CONFIRMADAS

O presidente do partido, André Figueiredo, chegou a postar alguns dos políticos que estavam confirmados no encontro. Segundo ele, o senador Cid Gomes; o ex-governador e ex-senador, Ciro Gomes; o ex-prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio; o deputado federal Mauro Filho; e o prefeito de Fortaleza, José Sarto, comparecerão à reunião. Figueiredo, entretanto, apagou a publicação.

OS EMBATES

No dia 15 deste mês, Figueiredo chegou a criticar a não conclusão das obras no Governo Elmano (PT). O deputado estadual Osmar Baquit, líder do PDT na Assembleia Legislativa do Estado do Ceará (Alece), disse que as críticas são inaceitáveis. O parlamentar falou ainda sobre a disputa pela presidência do partido. “O deputado André é brilhante, foi ministro, mas passou o tempo de achar que não se deve abrir espaço. Por que uma pessoa, com quatro cargos, não pode ceder um para a maior liderança do partido?”, disse, apoiando Cid.

O presidente da Alece, o deputado Evandro Leitão (PDT), é outro que também apoia publicamente o nome de Cid na liderança do partido, além de uma nova aliança com o PT. Evandro, aliás, é um dos pré-candidatos à prefeitura de Fortaleza, e é visto sempre ao lado do governador Elmano. O presidente da Casa Legislativa já foi ventilado em uma possível filiação ao PT, para ser o candidato do partido no pleito na Capital.

No começo desta semana, o ministro da Educação, Camilo Santana (PT), e José Sarto evitaram polêmicas ao serem perguntados sobre a rixa entre as legendas. Ambos disseram que conflitos políticos têm que ser resolvidos durante as eleições

Duas grandes lideranças do partido, os irmãos Cid e Ciro Gomes, estão em lados opostos da disputa. Ao ser perguntado sobre a briga entre os irmãos em entrevista à Jangadeiro BandNews FM nesta segunda-feira, 19, Sarto disse que é problema deles. “Eu não tenho culpa se brigaram. Se brigaram, é problema deles”.

O ENCONTRO

O encontro do PDT será no Oasis Atlântico Fortaleza Hotel. No dia 22, o encontro começa às 19h. Já na sexta, o início está programado para às 9h, com previsão de término às 13h30.

[ Mais notícias ]