Voltar ao topo

17 de junho de 2024

Em Goiânia, Ceará perde para o Vila Nova e termina a rodada fora do G4 da Série B

Pressionado pela torcida, o time da casa buscou a vitória a todo custo, pois não vencia há três jogos. O Vozão tentou manter a invencibilidade de seis partidas, mas falhou em algumas finalizações
O Ceará enfrentou um adversário bastante pressionado pela torcida. Foto: Gabriel Silva/ Ceará SC

Compartilhar:

Pela nona rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Ceará enfrentou o Vila Nova/GO nesta segunda-feira (10), no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, o OBA, em Goiânia-GO. Em uma partida equilibrada, o time da casa venceu o Alvinegro de Porangabuçu por 3 a 2, com gols de Juan Christian, João Vitor e Alesson de pênalti. O Vozão chegou duas vezes ao empate com Raí Ramos (pênalti) e Erick Pulga, de cabeça. No final da partida, o técnico Vagner Mancini foi expulso, após jogar a bola no gandula.

No primeiro tempo, o time da casa foi melhor, indo mais ao ataque. Aos 5 minutos, Júnior Todinho entra pelo meio da defesa alvinegra, mas para no goleiro Bruno Ferreira. Aos 7, Juan Christian recebe passe invertido de Júnior Todinho, da esquerda para a direita, se livra de Matheus Bahia e chuta cruzado no canto direito de Bruno Ferreira. Vila Nova 1 a 0. Matheus Bahia chuta da entrada da área e quase empata aos 20. O goleiro do Vila Nova espalmou. Aylon também tentou aos 38.

Aos 41 minutos, Quintero segura Erick Pulga e o árbitro, após analisar o VAR, marca pênalti. O lateral-direito do Vozão, Raí Ramos, bate e empata aos 43.

SEGUNDO TEMPO

A segunda etapa começou bem equilibrada, porém foi o Ceará quem ofereceu perigo, quando Erick Pulga cruzou e Barceló cabeceou, mas a bola bateu na trave. Aos 11, João Vitor chutou de fora da área, a bola quicou no gramado, passando entre as mãos de Bruno Ferreira, que não segurou e o Tigrão do Cerrado desempatou.

Saulo Mineiro cabeceia de costas e por muito pouco não empata a partida, após receber cruzamento da esquerda, aos 27 minutos. Aos 29, ele cruza da direita e Erick Pulga toca de cabeça. O goleiro Dênis Junior tira a bola, mas o auxiliar informou ao árbitro que a bola entrou. Gol do Vozão. O defensor do Vila Nova não se conformou com a marcação do gol e terminou recebendo cartão amarelo por reclamação.

Irritados com o placar que deixava o Vila Nova com três jogos sem vencer, os torcedores começaram a externar a raiva com o desempenho da equipe. Um objeto foi arremessado em direção ao campo. Aos 46 minutos, na disputa no alto com Apodi, a bola bateu no braço de Jonathan. Após consultar o VAR, Alesson marcou o terceiro do Vila Nova aos 49.

O Ceará continuou pressionando, mas não conseguiu evitar a segunda derrota na competição, coincidentemente, pelo mesmo placar. O próximo confronto ao Vozão será novamente fora de casa, contra o Brusque, na cidade de mesmo nome, em Santa Catarina, no domingo (16), às 16h. O Alvinegro de Porangabuçu terminou a rodada em quinto lugar com 15 pontos.

[ Mais notícias ]