Voltar ao topo

17 de junho de 2024

Elmano explora centros de produção de energia eólica e estabelece parcerias na China

O governador Elmano de Freitas (PT) visitou Complexo Eólico Três Gargantas e busca parcerias no país asiático
Foto: Reprodução/Instagram/@elmanofreitas

Compartilhar:

Em missão oficial na China, o governador Elmano de Freitas (PT) compartilhou em suas redes sociais, nesta terça-feira, 12, a visita que fez ao Complexo Eólico Três Gargantas, localizado na capital da província de Fujian. O complexo é considerado um dos maiores do mundo no setor de geração de energia eólica, com capacidade para produzir aproximadamente 6,5 gigawatts de energia. Durante sua visita, o governador teve como objetivo principal conhecer em detalhes o processo de operação e os equipamentos de geração eólica instalados neste empreendimento.

“O empreendimento integra, de forma eficiente, a geração de energia eólica offshore e a piscicultura. A medida aproveita ao máximo o potencial econômico da região”, destacou.

Outro ponto de destaque da visita foi a observação da produção local de turbinas eólicas com capacidade de 10 megawatts, além de pás e torres para a geração de energia. “Foi uma oportunidade para conhecer empreendimentos que atuam de forma eficiente, mesmo com condições climáticas não tão favoráveis quanto as do Ceará. O aproveitamento eólico, medido com o fator de potência offshore é inferior a 55% no Complexo Eólico Três Gargantas. No caso do Ceará, o fator de potência chega a 65%”, afirmou Elmano em postagem nas redes sociais.

No início da tarde, o governador compartilhou mais imagens da visita e destacou a importância de trocar experiências com os profissionais envolvidos no empreendimento chinês, que desempenha um papel crucial na geração de energia eólica de grande escala. “Momento importante para trocarmos experiências sobre o empreendimento, que é responsável pela geração de cerca de 6,5 gigawatts de energia eólica. Agradeço aos executivos da companhia pela receptividade”, reiterou.


Acompanharam Elmano na visita, a secretária de Relações Institucionais do Ceará (SRI), Roseane Medeiros; o secretário de Desenvolvimento Econômico (SDE), Salmito Filho; a vice-presidente do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), Rebeca do Carmo Oliveira, além dos executivos do Complexo Eólico Três Gargantas. A viagem de Elmano de Freitas à China visa fortalecer os laços internacionais e busca oportunidades de colaboração no setor energético.

AGENDA

Nesta quarta-feira, 13, Elmano deve visitar o Centro de Inovação em Saúde Cardiovascular, que pertence ao BRICS. O objetivo é fechar parcerias com o intuito de desenvolver as tecnologias para uso na saúde, e auxílio na formação de médicos por meio de instituições de ensino, como a Universidade Estadual do Ceará (Uece). Logo após a agenda, Elmano participa de um encontro do BRICS.

Ainda nesta quarta, em Xiamen, o governador visita a Zona de Processamento de Exportação (ZPE) da China. O equipamento tem 147 rotas comerciais nacionais e internacionais, alcançando 43 países e 139 portos, ocupando o 7º lugar na China e o 14º no mundo. Por meio da parceria, setores como turismo, educação e comercial podem ser desenvolvidos e ampliados.

Nesta segunda-feira, 11, o governador do Ceará assinou memorando de entendimento para a participação de empresa chinesa CITIC Construction na elaboração de estudo de viabilidade para a construção de unidades de habitações sociais e escolas em tempo integral no Estado. A empresa é a subsidiaria de construção e engenharia da companhia, que pertencente a CITIC Group, uma empresa de investimento estatal da República Popular da China. Durante o encontro, estiveram presentes também o presidente da CITIC, Tao Yang, e o embaixador do Brasil em Pequim, Marcos Bezerra Abbott Galvão.

HABITAÇÕES SOCIAIS

Nas últimas semanas, foram anunciadas 22 novas escolas em tempo integral e 1.088 novas moradias do “Minha Casa, Minha Vida” para o Ceará por meio da parceria com o Governo Federal. Segundo Elmano de Freitas, as parcerias asiáticas podem auxiliar no desenvolvimento de um programa de habitação para Fortaleza e o Interior do Estado. Além disso, na última semana, em reunião de Elmano com o ministro das Cidades, Jader Filho (MDB), foi definida verba de R$ 117,7 milhões do Governo Federal para a construção dessas unidades habitacionais em Fortaleza.

[ Mais notícias ]