Voltar ao topo

13 de julho de 2024

Eduardo Guardia, ex-ministro da Fazenda, morre aos 56 anos

Foto: Divulgação/Ministério da Fazenda

Compartilhar:

O economista Eduardo Refinetti Guardia morreu nesta segunda-feira (11), aos 56 anos. Ministro da Fazenda no governo Michel Temer (MDB) entre abril e dezembro de 2018, ocupou o posto após Henrique Meirelles deixar o comando da pasta para disputar as eleições presidenciais. A causa da morte não foi informada.

Guardia também foi secretário-executivo da Fazenda de 2016 a 2018, ainda na gestão Temer, e do Tesouro Nacional em 2002, durante a presidência de Fernando Henrique Cardoso (PSDB). Paulistano, exerceu o cargo de secretário de Fazenda do Estado de São Paulo, entre 2003 e 2006, sob o comando do ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB).

Doutor em economia pela Faculdade de Economia e Administração da USP (Universidade de São Paulo), defendia a disciplina nos gastos públicos para a retomada do crescimento sustentável diante da ausência de reformas econômicas estruturais, que ele também apontava como necessárias. Deixou como um dos principais legados da equipe econômica da qual participou, na gestão Temer, a aprovação do teto dos gastos, regra que limita as despesas dos órgãos federais. ​

Folha Press

[ Mais notícias ]