Voltar ao topo

24 de julho de 2024

Cufa, FNA e Câmara dos Deputados lançam iniciativa para o desenvolvimento das favelas no país

A Frente Parlamentar em Defesa das Favelas e Respeito à Cidadania de seus Moradores será lançada nesta quarta-feira, 14, em Brasília
Favela Sol Nascente, no Distrito Federal (DF), é a maior do país. Foto: Reprodução

Compartilhar:

A Central Única das Favelas (Cufa) e a Frente Nacional Antirracista (FNA) lançam nesta quarta-feira, 14, em parceria com a Câmara dos Deputados, a Frente Parlamentar em Defesa das Favelas e Respeito à Cidadania de seus Moradores. A frente conta com 207 assinaturas de deputados e deputadas, e é liderada por Kalyne Lima e Preto Zezé, presidente e conselheiro da Cufa, respectivamente. Por parte do parlamento, os deputados federais Washington Quaquá (PT-RJ) e Lindbergh Farias (PT-RJ) são as lideranças.

A cerimônia de lançamento da Frente será às 18h e vai contar com a presença de deputados, senadores, ministros, membros da Cufa e lideranças de favelas e demais movimentos. Além da Frente, será lançado, também, o projeto de desenvolvimento urbano da Cufa, o “Favelas Potentes”.

O fortalezense Preto Zezé vai ser o secretário executivo da Frente, junto com Kalyne Lima. Segundo ele, a favela vai mostrar um poder de articulação que vai permitir sonhar com soluções reais pela primeira vez na história. “Questionar e até mesmo cobrar os políticos é importante para não deixar eles abandonarem suas missões, mas é fundamental criar um movimento que nos possibilite construir, junto com eles, que representam democraticamente a sociedade, os caminhos para melhores dias nas favelas”, completou Preto Zezé.

“Estamos muito felizes com essa representação que a favela está conquistando, em um dos maiores espaços de tomadas de decisão do país”, complementa Kalyne Lima.

Segundo Washington Quaquá, presidente da Frente e entusiasta do tema, a ideia de criar uma Frente Parlamentar que olha para e pelas favelas não é nada mais que o dever dos parlamentares. “Se o congresso é a Casa do Povo, é para o Povo que precisamos legislar. Estar junto com a Cufa nessa luta é a certeza de que daremos as melhores respostas para as desigualdades que ainda existem nas favelas e periferias”, comemora o Deputado Federal.

Já para o deputado Lindbergh Farias, a Frente entra para a história como a maior intervenção política das favelas já vista. “Participar desse momento está sendo importante. Porém, os anos seguintes são fundamentais. Terça será apenas um ato, mas queremos produzir grandes resultados”, completou.

Na última semana, membros da Cufa e da Frente Parlamentar, além de representantes dos ministérios e outras autoridades, viajaram para a Colômbia para conhecer experiências bem-sucedidas de projetos de urbanização nas favelas

[ Mais notícias ]