Voltar ao topo

21 de julho de 2024

Cracolândia: usuários de drogas saqueiam farmácia e mercado no centro de SP

Desde o ano passado, quando houve dispersão dos dependentes químicos, a região tem visto uma escalada de problemas, com aumento de roubos, migração de bancas de venda do tráfico e sujeira nas ruas
Cracolândia: usuários de drogas saqueiam farmácia e mercado no centro de SP. Foto: Reprodução

Compartilhar:

Usuários de drogas invadiram e saquearam uma drogaria e um mercado na Avenida São João, no centro de São Paulo, na manhã desta sexta-feira, 7. O grupo havia acabado de ser retirado do local em que estava na Cracolândia por uma ação de zeladora. Desde o ano passado, quando houve dispersão dos dependentes químicos, a região tem visto uma escalada de problemas, com aumento de roubos, migração de bancas de venda do tráfico e sujeira nas ruas.

Apesar do terror, segundo relataram funcionários da Drogaria SP ao Estadão, nenhum deles se feriu. O grupo ainda saqueou um minimercado ao lado, mas em número menor. A Secretaria da Segurança Pública diz que reforçou o policiamento na região.

“Só não entraram aqui porque abaixamos a porta de vez”, diz o cozinheiro Adenilson Santos da Silva. Funcionário do restaurante em frente à drogaria, ele e os colegas viram o grupo carregando o que podia da farmácia.

O saque ocorreu por volta das 8h, quando o restaurante ainda estava abrindo. “Se fosse na hora do almoço seria pior”, diz Silva.

Por volta das 15h30, os funcionários da Drogaria SP ainda trabalhavam na limpeza da loja e na arrumação do que foi destruído. A empresa não quis se manifestar, mas confirma que não houve feridos.

Ao lado da drogaria, uma unidade móvel da Polícia Militar fazia guarda desde a manhã. Em frente, na Praça Júlio de Mesquita, viaturas da Guarda Civil Metropolitana também estavam no local.

Casos como esse não são raros na região da Cracolândia, que se deslocou da Rua Helvetia para as ruas de Santa Ifigênia. A cada ação rotineira de limpeza das vias, a peregrinação dos usuários recomeça.

A mudança de local da Cracolândia vem sendo alvo de reclamações de comerciantes locais. No último domingo, os usuários de drogas atearam fogo a sacos de lixo. A polícia foi hostilizada ao chegar no local.

A Secretaria da Segurança Pública afirma que a Polícia Militar reforçou o policiamento na área central de São Paulo nesta sexta-feira. “Equipes realizam buscas para localizar os autores das invasões a comércios na área central, ocorridos nesta manhã, após ação de zeladoria realizada por agentes da Prefeitura na região.”

Ainda segundo a SSP, “a 1ª Seccional e os distritos policiais da região central estão à disposição dos representantes dos estabelecimentos para registrar os fatos”. “As imagens veiculadas pela imprensa são analisadas pelas equipes de investigação, que trabalham para identificar e individualizar a conduta de cada um.”

Já a Prefeitura disse, também em nota, que a GCM participou nesta sexta, em conjunto com a Polícia Militar, Polícia Civil e a Subprefeitura da Sé, de ação de zeladoria urbana e desobstrução das vias públicas. As ações são realizadas diariamente na região. A Guarda, em parceria com a PM e com a Civil, auxiliou na prisão de quatro indivíduos e presta apoio para encontrar os demais suspeitos.

“Durante a ação, um grupo de pessoas invadiu uma drogaria, saqueando alguns produtos da loja. A GCM imediatamente controlou a situação. Não houve confrontos, nem feridos, nem condução de pessoas ao DP por parte da GCM”, acrescentou o Município.

Estadão Conteúdo 

[ Mais notícias ]