Voltar ao topo

17 de julho de 2024

Contra o Grêmio, Fortaleza fica no zero a zero pelo segundo jogo seguido no Brasileirão

Voltando de lesão, o goleiro João Ricardo foi o destaque da partida com boas defesas que garantiram o ponto
Calebe (Fortaleza), marcado pelo argentino Walter Kannemann (Grêmio). Foto: Matheus Amorim/Fortaleza EC

Compartilhar:

O Fortaleza empatou com o Grêmio/RS em 0 a 0 neste domingo, 14, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS, pelo Campeonato Brasileiro. Segundo placar sem gols seguido do Leão do Pici, o clube chegou ao seu quarto empate em seis jogos no torneio. Além dos empates, o Tricolor soma ainda duas vitórias, estando invicto na competição. Com o placar, o escrete vermelho-azul-e-branco agora ocupa a 8ª posição na tabela.

PRIMEIRO TEMPO

A primeira chegada de perigo do jogo foi do mandante do confronto, o Grêmio. Após uma bela triangulação entre Bitelo, Cristaldo e Suárez, a bola se apresentou para Vina, na entrada da área, mas aos 4 minutos, o meio-campista foi parado em boa defesa do goleiro João Ricardo, titular após voltar de lesão. Dez minutos depois, em cobrança de escanteio do Tricolor gaúcho, Lucas Sasha cortou mal. Bitelo, sozinho, com o rebote, finalizou fraco e sem direção.

Aos 38, Villasanti, volante do Grêmio, finalizou de fora da área. João Ricardo deu o rebote, mas Bitelo não conseguiu nem dominar, nem finalizar. Outra boa chance do clube mandante seria criada aos 45, em que o atacante uruguaio Suárez dominou de peito e finalizou encobrindo o arqueiro do Tricolor do Pici. João Ricardo, entretanto, fez ótima defesa.

SEGUNDO TEMPO

Mesmo com o primeiro tempo finalizado em zero a zero, ambas as equipes voltaram ao gramado sem alterações. Aliás, apenas após as primeiras substituições de Renato Gaúcho, do Grêmio, e Vojvoda, do Fortaleza, o jogo voltou a ter chances de perigo. Everton Galdino, que entrou no lugar de Cristaldo, quase abriu o placar quando, aos 22 minutos, finalizou alto, buscando o ângulo da meta de João Ricardo. Mas a bola foi para fora.

Aos 25, era a vez do Fortaleza assustar. Romarinho driblou Pepê, e cruzou para dentro da área, na cabeça do zagueiro Ceballos, que, livre de marcação, finalizou nas mãos do goleiro Gabriel Grando. Apenas dois minutos depois, Romarinho apareceu novamente. O camisa 11, mesmo cercado por Everton Galdino e Thomas Luciano, conseguiu passar entre os dois, encarou a marcação de Bruno Alves e finalizou no cantinho da trave esquerda do Grêmio. A bola passou raspando. O atacante ainda participaria de outro lance, aos 30, quando tocou para o argentino Pochettino, que entrou no decorrer do segundo tempo, finalizar com perigo.

O Fortaleza queria o gol. Aos 38, a bola roda toda a área do adversário, e se apresenta para Yago Pikachu. O jogador, outro que entrou na etapa final, finalizou forte, mas Gabriel fez a defesa.

Apesar dos ataques do Leão, o mandante também buscava desempatar a partida. Aos 46, em cobrança de falta ensaiada, Nathan, que havia entrado há 10 minutos, fez João Ricardo trabalhar, após finalização forte em direção ao gol. No escanteio que saiu da jogada, o goleiro apareceu novamente após finalização de Everton Galdino. No rebote, o zagueiro Walter Kannemann finalizou raspando a trave. Fim de jogo, 0 a 0.

CLASSIFICAÇÃO E PRÓXIMOS JOGOS

Com o empate, o Leão do Pici chega aos 10 pontos. Na 8ª posição, o clube foi ultrapassado por duas equipes na tabela, Santos/SP e Atlético/MG, que venceram os seus confrontos. Pelo Brasileirão, o Fortaleza só volta a jogar no sábado, 20, contra o América/MG, lanterna da competição com apenas um ponto conquistado. O jogo será disputado na Arena Independência, em Belo Horizonte-MG, às 18h30.

No meio da semana, na quarta-feira, 17, o Tricolor vai a São Paulo-SP, onde enfrenta o Palmeiras/SP pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Decidido em dois confrontos, o embate é válido pela partida de ida da etapa. O jogo de volta, na Arena Castelão, também será em uma quarta, mas apenas no dia 31.

[ Mais notícias ]