Voltar ao topo

17 de julho de 2024

Comitiva da União Europeia e EUA conhece gestão de resíduos de Fortaleza

Desde 2021 que Fortaleza faz parte do Programa Internacional de Cooperação Urbana e Regional (IURC América Latina) sob a coordenação da Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação (Citinova)
Foto: Reprodução / Prefeitura de Fortaleza / Marcos Moura

Compartilhar:

Representantes da União Europeia, países da América Latina, Estados Unidos e alguns estados brasileiros estão em Fortaleza para conhecer, nesta quinta e sexta-feira, 5, alguns projetos implementados pela Prefeitura de Fortaleza que são referências na gestão de resíduos sólidos. A iniciativa faz parte da programação do evento “Economia Circular e Gestão de Resíduos: Avançando para soluções mais sustentáveis para cidades e regiões”, promovido pela União Europeia.

Nesta quinta-feira, 4, a comitiva conheceu os biodigestores instalados em algumas escolas públicas do Município, além dos projetos Ecoponto e Mini ecoponto (Meireles). A programação desta sexta-feira, 5, levará os participantes a verem de perto o funcionamento dos projetos Re-ciclo (Varjota), Centro de Recondicionamento Tecnológico (CRT – Praia de Iracema) e Microparques Urbanos (Barra do Ceará).

FASES DO PROJETO

Desde 2021, Fortaleza faz parte do Programa Internacional de Cooperação Urbana e Regional (IURC América Latina) sob a coordenação da Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação (Citinova). Foi neste mesmo ano que foi selecionada pela União Europeia para compartilhar experiências e desenvolver um plano conjunto de desenvolvimento urbano sustentável com foco em economia circula e resíduos sólidos. O trabalho desenvolvido pela capital cearense é feito em parceria com a cidade alemã de Essen e, em 2022, foram realizadas visitas técnicas às duas cidades.

A IURC América Latina constitui a segunda fase do programa de Cooperação Urbana Internacional (IUC) (2016-2020), da União Europeia, e visa promover o compartilhamento de conhecimento e a cooperação entre cidades e regiões em desenvolvimento urbano sustentável e inovação regional. A IURC América Latina inclui 6 países: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México e Peru. Ao todo, 12 cidades e 10 regiões desses países trabalham em parceria com cidades europeias, totalizando 44 cidades e regiões.

ENCONTRO

Nesta quinta-feira, 4, a Prefeitura de Fortaleza sediou encontro promovido pela União Europeia para discutir economia circular e resíduos sólidos. A mesa de abertura foi composta pelo vice-prefeito de Fortaleza, Élcio Batista (PSDB), pelo vice-líder do IURC América Latina, Edgardo Sara, além da gerente de projetos e delegada da União Europeia no Brasil, Stephanie Horel e do Assistente do Diretor-Geral Adjunto da União Europeia, Jozef Stahl.

Na ocasião, os membros da mesa ressaltaram a importância da troca de experiências e conhecimentos entre as cidades para que a mudança nas práticas de resíduos sólidos aconteça de maneira coletiva e circular.

O vice-prefeito de Fortaleza, Élcio Batista (PSDB) frisou a importância da parceria. “Fortalece esse novo modelo econômico que é a economia circular. A gente cada vez mais trata de reutilizar e reaproveitar tudo aquilo que produzimos. Isso tem uma força muito grande, e será um dos principais vetores da economia mundial. As cidades brasileiras, e especialmente Fortaleza, têm bons exemplos daquilo que está sendo feito em termos de políticas públicas relacionadas com a gestão de resíduos sólidos”.

A representante da cidade alemã de Essen, Kirsten Helle, apresentou boas práticas de economia circular em sua cidade e ressaltou que o principal desafio é trabalhar com as similaridades entre Fortaleza e Essen.

“Fortaleza é nossa cidade parceira, e nós trocamos diversas experiências sobre eliminação de resíduos, e é importante encontrar desafios em comum. Nós apresentamos o que fazemos na nossa cidade, mas o mais importante é encontrar as similaridades nas nossas experiências e levar nossos cidadãos conosco, porque é a única forma de fazer a economia circular acontecer, pensando de maneira comunitária”, explicou ela.

O evento contou com a participação de delegados de 11 países, incluindo 13 cidades e duas regiões: Puerto Montt (Chile); Essen (Alemanha); Manaus (Brasil); São Paulo(Brasil); Piura (Peru); Málaga (Espanha); Hermosillo (México); Debrecen (Hungria); Barranquilla(Colômbia); Chihuahua (México); Fort Collins (Estados Unidos); San Diego (Estados Unidos); Rio de Janeiro (Brasil); além do Paraná (Brasil) e Silésia (Polônia).

[ Mais notícias ]