Voltar ao topo

23 de julho de 2024

CMFOR instala Conselho de Ética para analisar caso Ronivaldo

Erika Fonseca/CMFOR

Compartilhar:

Na manhã desta quarta-feira, 23, o Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Municipal de Fortaleza (CMFOR) foi instalado e seu comando escolhido: o presidente e o vice-presidente do colegiado, serão Danilo Lopes (Podemos) e Dr. Luciano Girão (Progressistas), respectivamente. O processo disciplinar contra o vereador Ronivaldo Maia (PT), atualmente licenciado, deve ser recebido por Danilo ainda nesta data, como o próprio informou à reportagem.

Nesta quarta, ainda, o presidente do conselho deve escolher o relator do pedido de cassação do parlamentar. Ronivaldo responde na Justiça por tentativa de feminicídio, o que levou a bancada do Psol na Casa a submeter um processo disciplinar contra ele.

“O cronograma de trabalho, conforme o presidente, será estabelecido com o envio de matérias pela Coordenadoria das Comissões, com designação de relatoria”, informa a Câmara.

Além de Danilo e Luciano, compõem o colegiado os vereadores Didi Mangueira (PDT), Cláudia Gomes (DEM), Júlio Brizzi (PDT) e Danilo Ribeiro (Cidadania). Ronivaldo fazia parte do conselho antes de o caso vir à tona, o que faria com que o seu suplente, Dr. Vicente (PT) assumisse a cadeira nas reuniões. No entanto, o suplente não foi convocado para os encontros.

“Como sou legalista, espero agir conforme está no nosso Código de Érica e Decoro Parlamentar da Casa, obedecendo os prazos e a imparcialidade, fator preponderante num Conselho”, declarou Danilo, na ocasião da instalação do colegiado.

[ Mais notícias ]