Voltar ao topo

13 de abril de 2024

Ciro e aliados participam de ato de filiação no Ceará e acirram oposição com grupo de Elmano

Ato aconteceu em São Gonçalo do Amarante para discutir o futuro do estado e problemas do governo de Elmano com segurança pública e educação
Além de Ciro Gomes, o presidente do PDT de São Gonçalo do Amarante, o deputado estadual Cláudio Pinho, participou do evento. Foto: Divulgação

Compartilhar:

Em busca de discutir o futuro político do Estado, Ciro Gomes (PDT) e aliados políticos participaram, nesta segunda-feira (1º), do ato de filiação ao PDT realizado em São Gonçalo do Amarante, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). No evento, foram discutidos os problemas que o Ceará vem enfrentando na segurança pública e na educação, acirrando ainda mais a oposição do grupo pedetista com o de Elmano (PT). Além de Ciro, marcaram presença no evento o vice-prefeito de Fortaleza, Élcio Batista (PSDB), e o ex-prefeito da capital cearense, Roberto Cláudio (PDT).

Durante o ato, o presidente do PDT de São Gonçalo do Amarante, Cláudio Pinho (PDT), anunciou o grupo político, liderado por ele, que enfrentará as eleições municipais deste ano. O grupo será oposição direta ao atual prefeito Professor Marcelão (PT). “Essas pessoas que estão aqui comigo, são as pessoas que vão fazer a gestão. O povo vai escolher, para que a gente possa dar um rumo nessa cidade”, disse.

EMBATE POLÍTICO

“O Ceará hoje é um dos campeões em violência. Essa é a verdade”, destacou Ciro Gomes ao relembrar episódios de violência e insegurança pública nos últimos meses. “A violência tomou conta, não tem mais autoridade nesse Estado”, completou. O ex-governador também destacou os problemas que a educação do Ceará vem enfrentando. “Os salários [dos professores] estão atrasados”.

Além do embate na esfera estadual, firmou-se uma oposição do deputado estadual e presidente do PDT de São Gonçalo do Amarante, Cláudio Pinho, com Professor Marcelão. De acordo com Cláudio Pinho, o movimento político no Município busca unir esforços para o avanço. “É assim que nós construímos as coisas, é com verdade. Talvez é isso que eles queriam [gestão atual], passar sem ninguém [a população] saber”.

O ex-prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, participou do evento e destacou que as escolhas da população nas eleições deste ano serão uma resposta para o futuro do Estado. O líder político denunciou, ainda, que “o povo está pagando a conta das facções dominantes nos territórios”. Roberto Cláudio também pontuou problemas sofridos na educação de todo o Estado. “Professor sendo mal cuidado e salários atrasados”, destacou.

Yuri Lima

[ Mais notícias ]